MatosinhosHabit colabora com o Guia de Boas Práticas da Agência de Energia do Porto

MatosinhosHabit colabora com o Guia de Boas Práticas da Agência de Energia do Porto

Categoria Ambiente, Energia

A MatosinhosHabit cooperou na realização do “Guia de Boas Práticas na Utilização de Energia e Água” que a AdE Porto – Agência de Energia do Porto apresentou no seguimento do projecto “Habitação A +”, um estudo que incluiu os diversos equipamentos utilizados, os vetores energéticos e a energia consumida, assim como os custos referentes às habitações.

Este projeto tem como principal objetivo chamar a atenção dos munícipes para comportamentos relacionados com a redução dos consumos de energia e água, através da utilização de equipamentos adequados e da adoção de medidas de beneficiação nas suas habitações, que possibilitem otimizar consumos e tornar as casas mais eficientes, sem abdicar do conforto e bem-estar.

Nesse sentido, a MatosinhosHabit foi participante ativa, dado que o estudo sobre eficiência energética se realizou em 532 habitações dos conjuntos habitacionais de Sendim, Lagoa, Custóias e Fundação Salazar, permitindo aferir através da realização de um inquérito e de visitas aos domicílios, quais as condições energéticas de cada agregado, tendo em conta os consumos, os equipamentos utilizados, e os custos energéticos associados, bem como a medição dos indicadores de conforto térmico, temperatura e humidade relativa das residências.

Tiago Maia, administrador da MatosinhosHabit, explica que “a realização desta auscultação junto dos nossos munícipes permitiu não só a nossa colaboração para o estudo que levou à concretização do ‘Guia de Boas Práticas na Utilização de Energia e Água’ da AdEPorto, como também possibilitou que junto dos munícipes dos referidos conjuntos habitacionais fosse desenvolvida uma ação de sensibilização relacionada com a redução dos consumos de água e energia. Por outro lado, quisemos também salientar junto dos mesmos a importância de adoção de condutas que proporcionem um maior conforto e qualidade de vida dos agregados familiares”.

Por outro lado, é de salientar que “a este programa se juntam ainda os projetos previstos de reabilitação do edificado, da responsabilidade da MatosinhosHabit e da Câmara Municipal de Matosinhos, que contribuirão para melhorias significativas nas infraestruturas do concelho”, refere Tiago Maia.

Ainda no âmbito desta iniciativa, a MatosinhosHabit levou a cabo novas visitas domiciliárias aos conjuntos habitacionais em causa, com o objetivo de analisar a evolução das situações nas residências referenciadas, observando para isso quais as medidas a aplicar no que concerne ao impacto social dos consumos e das condições de habitabilidade dos agregados familiares.