Mau tempo nos Açores provoca queda de árvores e arrasa casas

Mau tempo nos Açores provoca queda de árvores e arrasa casas

O vento tempestuoso que atinge os Açores desde a noite de ontem provocou, durante a madrugada de hoje, o derrube de árvores e de linhas de eletricidade, assim como, danos em telhados de moradias em várias ilhas do arquipélago, no lugar da Pedreira, concelho do Nordeste, avança o jornal Púbico.

Uma fonte dos bombeiros de Santa Cruz das Flores disse à Lusa que, nesta ilha, a ameaça do mar alteroso, com vagas de 11 a 12 metros de altura, obrigou ainda à evacuação de moradias como medida de precaução. Três famílias foram retiradas das suas casas, tendo havido populações que chegaram a estar isoladas, disse o presidente da Câmara do Nordeste , Carlos Mendonça. Uma das habitações foi atingida por materiais arrastados pela água, acabando soterrada. As casas de outras duas famílias ficaram destruídas, tendo sido retiradas das suas casas e realojadas “por questões de segurança”. Estradas e caminhos ficaram obstruídos e danificados. O centro de saúde esteve aberto de noite e foram assistidas algumas pessoas., afetadas a nível psicológico pelo que estava a acontecer.

Nas Flores, ilha do Grupo Ocidental açoriano, o primeiro afetado pela passagem, de uma depressão, uma rajada de vento chegou aos 154 quilómetros por hora, segundo o Instituto de Meteorologia. Nas outras ilhas do arquipélago o vento tem vindo a registar rajadas máximas inferiores a 120 quilómetros. Os aeroportos dos Açores deverão estar encerrados durante todo o dia de hoje por causa do mau tempo. Prevê-se que o “núcleo” da tempestade só se afastará do arquipélago ao fim da tarde.

A Proteção Civil dos Açores alertou esta quinta-feira para a continuação de mau tempo em todas as nove ilhas açorianas, que passam a estar sob aviso laranja da meteorologia devido à previsão de chuva. Os grupos central e oriental dos Açores estavam sob aviso vermelho, o mais grave de uma escala de quatro por causa das previsões de chuva forte, mas o IPMA baixou o nível de aviso para laranja, o segundo mais grave de uma escala de quatro. De acordo com o IPMA, o aviso laranja referente a precipitação vai vigorar nos grupos ocidental, central e oriental até às 18h00 desta quinta-feira. As nove ilhas dos Açores estão também ainda sob aviso amarelo por causa das previsões de trovoada.