Ministério da Agricultura reforça campanha “Alimente quem o Alimenta” lançando plataforma online

Ministério da Agricultura reforça campanha “Alimente quem o Alimenta” lançando plataforma online

A campanha “Alimente quem o Alimenta” ganhou outra dimensão e, devido ao impacto da pandemia da Covid-19, foi reforçada a “aproximação do produtor com o consumidor, de forma a agilizar o escoamento dos produtos”, pode ler-se numa nota do Ministério da Agricultura.

Neste contexto e visando contribuir para a agilização do escoamento destes produtos, os quais também assumem um papel fundamental na garantia de uma alimentação saudável e equilibrada, o Ministério da Agricultura, em parceria com os seus organismos, com a Federação Minha Terra, com os Grupos de Ação Local e os Municípios, lança agora a plataforma – www.alimentequemoalimenta.pt – a partir da qual:

  • Qualquer produtor, de forma simples e rápida, poderá efetuar o seu registo para, posteriormente, anunciar os seus produtos e cabazes disponíveis para encomenda/entrega (e condições associadas);
  • Qualquer consumidor, com conforto e segurança, poderá pesquisar por Concelho e produtos (biológicos ou não) e, desta forma, identificar os produtores da sua região e encomendar os seus produtos.

Esta plataforma, que coloca a inovação ao serviço do setor e tem como missão dar lugar a uma nova solução, estando online a partir desta quinta-feira.

Na mesma nota, o Ministério da Agricultura recorda que “Alimente quem o Alimenta” pretende, acima de tudo, apelar a um consumo responsável e consciente, de produtos locais, frescos, seguros e de qualidade e, simultaneamente, agradecer a todas e a todos que, diariamente, trabalham em prol do normal funcionamento do setor da agroalimentar e da respetiva cadeia de abastecimento.