Ministérios assinam hoje protocolo para colocar desempregados a proteger florestas

Ministérios assinam hoje protocolo para colocar desempregados a proteger florestas

Categoria Ambiente, Florestas

Os ministérios da Solidariedade, Emprego e Segurança Social, da Agricultura e do Mar e da Administração Interna assinam hoje um protocolo de cooperação que visa colocar, mais uma vez, desempregados a vigiar e a proteger as florestas. Em comunicado, o Governo adianta que o protocolo “Trabalho Social pelas florestas” pretende valorizar e proteger a floresta e melhorar os níveis de empregabilidade, assim como, promover “a reinserção no mercado de trabalho dos cidadãos que se encontrem em situação de desemprego, através do desenvolvimento de trabalho socialmente necessário”.  “A importância do setor florestal para o bem-estar ambiental e social e o seu interesse para a economia nacional é por demais evidente, constituindo as florestas um dos recursos principais do nosso país”, destaca.O Governo sustenta que as florestas “contribuem para a prevenção da erosão dos solos, colaboram para a regulação do clima e dos recursos hídricos, concorrem para a biodiversidade, combatem a desertificação, contribuem para o sequestro de carbono e proporcionam espaços de lazer e recreio”.  Os riscos que impendem sobre a floresta, “exigem uma ênfase na prevenção dos impactos negativos, por via da prevenção, deteção e vigilância” e intervenções de prevenção e recuperação de áreas atingidas por incêndios, doenças e pragas, refere o governo.