Ministra do Mar acredita em aproximação de Operadores do Porto de Lisboa e Sindicato dos Estivadores

Ministra do Mar acredita em aproximação de Operadores do Porto de Lisboa e Sindicato dos Estivadores

A ministra do Mar esteve hoje reunida com a Associação de Operadores do Porto de Lisboa e com o Sindicato dos Estivadores, para tentar reatar as negociações quanto ao conflito laboral que opõe as duas partes.

Ana Paula Vitorino criticou a passividade do anterior executivo em relação ao problema laboral, por se ter demitido de “tentar promover a paz social”, assim como de “ter afastado a presidente da Administração do Porto de Lisboa, Marina Ferreira, do processo negocial”.

A instabilidade social no porto de Lisboa levou, nas últimas semanas, à suspensão dos contratos de escala de dois grandes armadores internacionais. As negociações de um novo contrato coletivo de trabalho para o Porto de Lisboa estão interrompidas desde março, tendo-se entretanto antagonizado ainda mais a relação entre operadores e estivadores. O Sindicato dos Estivadores iniciou um período de greve a 14 de novembro que se estenderá pelo menos até 20 de janeiro, tendo entretanto as empresas Maersk e Hapag-Lloyd suspendido a operação do porto de Lisboa, transferindo as atividades para Sines e Leixões. Na semana passada, quando anunciou estes encontros, a Ministra do Mar disse que ia tentar que “volte a haver confiança negocial e que seja possível retomar as negociações” entre as duas partes, com vista a ultrapassar o conflito laboral.

Depois da reunião de hoje, Ana Paula Vitorina, disse que acredita que “a paz social pode regressar em breve ao porto de Lisboa”.