Ministro da Economia assinala arranque do projeto de expansão do Parque Tanques da PRIO

Ministro da Economia assinala arranque do projeto de expansão do Parque Tanques da PRIO

Categoria Ambiente, Energia

Para assinalar o arranque do projeto de expansão do Parque de Tanques, situado no Porto de Aveiro, a PRIO recebeu, no passado dia 30, sexta-feira, nas suas instalações, o Ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, e o Secretário de Estado da Energia, Jorge Seguro Sanches.

Através de um investimento de 11 milhões de euros, a PRIO arranca agora com um projeto de expansão, que prevê o aumento de capacidade de armazenamento do parque de líquidos (gasolinas, gasóleos e biodiesel) e do parque de GPL (Gás de Petróleo Liquefeito).

No evento estiveram presentes inúmeras entidades do setor, nomeadamente, o presidente da Câmara Municipal de Ílhavo, Fernando Fidalgo Caçoilo, o presidente da Junta de Freguesia da Gafanha da Nazaré, Carlos António Neves Rocha, o Secretário-Geral da APETRO, António Comprido, o presidente da Associação Industrial de Aveiro, Fernando Paiva de Castro, e o presidente do Conselho de Administração do Porto de Aveiro, João Pedro Braga da Cruz.

Dois investimentos estruturantes para a PRIO que vêm reforçar a independência e competitividade da marca, afirmando-se, cada vez mais, como uma peça essencial do sistema logístico nacional.

Dividida em duas fases, a obra de expansão do parque de líquidos teve início em setembro e conta com um investimento de seis milhões de euros. A intervenção prevê um alargamento de 20 000m 3 do parque de líquidos, permitindo assim um aumento significativo da capacidade de armazenamento de gasolinas no porto de Aveiro.

O projeto conta ainda com a expansão do parque de Taras de GPL e com a constituição de um novo parque de armazenamento de garrafas e a granel em reservatórios, para aumentar a capacidade de armazenamento de GPL. Esta obra terá um investimento superior a 5 milhões de euros.

“Este é um projeto fundamental para o plano de expansão da PRIO e um investimento que consideramos essencial para reforçar o nosso posicionamento no mercado, aumentando a nossa capacidade de operação independente. Asseguramos mais ferramentas para continuar a servir os nossos clientes com combustível aos melhores preços, mantendo a nossa filosofia Top Low Cost“, refere Emanuel Proença, Administrador da PRIO.

“Mas o objetivo não é apenas servir a rede de postos PRIO. Com este projeto, a PRIO quer também reforçar as suas ferramentas para permitir um bom abastecimento do hinterland de Aveiro e de toda a região Centro do país. Com um parque independente, utilizado pelos principais players do setor, abastecemos o país com mais de 600 milhões de litros de combustíveis todos os anos. A PRIO é, de longe, o maior operador de granéis líquidos do porto de Aveiro e queremos continuar a crescer”, conclui Emanuel Proença.

A conclusão das obras de expansão do parque de líquidos e GPL está prevista para fevereiro de 2017 e dezembro de 2017, respetivamente.