“Mochilas Esperança” apoiam com material escolar crianças de Moçambique

“Mochilas Esperança” apoiam com material escolar crianças de Moçambique

Dando seguimento ao projeto de solidariedade e apoio às famílias moçambicanas afetadas pelo ciclone Idaí, o Grupo AdP – Águas de Portugal, a EDP e a Lusíadas Saúde voltam a juntar-se para organizar “Mochilas Esperança”, desta vez destinadas a “apoiar as crianças da região do Dondo no novo ano letivo, que se inicia em fevereiro de 2020”, pode ler-se numa nota enviada à imprensa.

Para compor as “Mochilas Esperança”, que serão entregues através da ONGD portuguesa APOIAR – Associação Portuguesa de Apoio a África, estão a ser recolhidos os seguintes materiais:

  • 2 Cadernos A4 ou A5 (1 pautado + 1quadriculado)
  • 1 Estojo com borracha, afia, lápis e caneta
  • Conjuntos de 6 ou 12 lápis de cor
  • 1 Caneca de alumínio ou inox e 1 colher de sopa
  • 1 Sabonete
  • 1 Escova de dentes e 1 pasta de dentes

Segundo a Águas de Portugal este conjunto de bens, que representa um “apoio ao regresso à normalidade”, tem também por objetivo “reforçar a esperança na educação e no futuro das crianças moçambicanas”.

A esta segunda fase do projeto juntou-se a Junior Achievement Portugal (JAP) que está a reunir, em diversas escolas de Portugal, mensagens inspiradoras que serão entregues juntamente com as Mochilas Esperança às crianças das escolas de Moçambique.

Enquadrada pelo espírito do movimento “Giving Tuesday”, a recolha inicia-se a 3 de dezembro e decorre até ao dia 6. Comemorado intencionalmente na primeira terça-feira após o Black Friday e alimentado pelo poder das redes sociais e da colaboração, a “Giving Tuesday” inspira milhões de pessoas em todo o mundo a “dar a cara e a retribuir às causas e problemas que são importantes para cada um”, refere a mesma nota. O objetivo é criar uma onda massiva de generosidade que dure para além do dia da “Giving Tuesday” e que atinja todas as pessoas do planeta, sob o mote “Dar para Mudar”.

Entregues 5 mil “Mochilas Esperança” no Dondo na primeira-fase

As 5 mil “Mochilas Esperança” enviadas pelo Grupo AdP – Águas de Portugal, EDP, Lusíadas Saúde e Grupo Imprensa no âmbito da 1ª fase deste projeto foram entregues, a 19 de julho, às famílias do Dondo, na província da Beira, através da ONGD portuguesa APOIAR – Associação Portuguesa de Apoio a África.

Com esta iniciativa, foi possível “levar um sinal de esperança” na forma de kits de bens essenciais (arroz, massa, feijão, atum, leite condensado, tacho, colher de pau, sabonetes, sabão azul e branco e t-shirts), que permitiram ajudar cerca de 25.000 moçambicanos afetados pela passagem do Ciclone Idai. Os donativos foram reunimos pelos trabalhadores e trabalhadoras das empresas envolvidas e o sucesso desta primeira fase motivou a “dar continuidade a este projeto de solidariedade e a abri-lo à participação da sociedade civil”, indica a Águas de Portugal.

Foto cedida pela Águas de Portugal