Mundo empenhado em cumprir Acordo de Paris com ou sem EUA

Mundo empenhado em cumprir Acordo de Paris com ou sem EUA

O enviado norte-americano à cimeira da Organização das Nações Unidas sobre o clima (COP22) declarou hoje que a China e outros países continuarão empenhados em cumprir o Acordo de Paris sobre alterações climáticas, independentemente do que o Governo de Donald Trump decidir fazer.

Jonathan Pershing disse à imprensa, à margem da cimeira, a decorrer na cidade marroquina de Marraquexe, que não sabe qual será “a visão” do Presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, em matéria de política climática, mas que o seu interlocutor chinês na cimeira, Xie Zhenhua, lhe disse que a China “pretende avançar”.

“Estou a ouvir a mesma coisa dos europeus, dos brasileiros, do México e do Canadá, e de países mais pequenos, como a Costa Rica, e da Colômbia”, frisou Pershing, noticiado pela Agência Lusa.

Ressalve-se que durante a campanha, Donald Trump chamou ao aquecimento global um “embuste” das redes sociais e prometeu “cancelar” o Acordo de Paris.