Município de Esposende oferece pinheiros mansos para reflorestar o concelho

Município de Esposende oferece pinheiros mansos para reflorestar o concelho

Categoria Ambiente, Florestas

O Município de Esposende vai disponibilizar gratuitamente pinheiros mansos para a reflorestação ambiental do concelho. Esta ação enquadra-se no âmbito do projeto Pronatura, criado em 2002 pela ANEFA – Associação Nacional de Empresas Florestais, Agrícolas e do Ambiente com o intuito de ajudar a dar resposta às empresas com empenho nas áreas de responsabilidade ambiental e social que acreditam que é possível voltar a ter florestas, matas e espaços verdes no futuro.

Através do grupo Santander, o Município Esposende recebeu mais de 300 árvores desta espécie designada Pinus pinea, que serão oferecidas às associações de defesa ambiental concelhias, nomeadamente à Associação Rio Neiva e à Associação Assobio, para serem utilizadas em ações de reflorestação e sensibilização ambiental, especialmente direcionadas para a faixa mais litoral do concelho.

Em breve, o Município terá novamente árvores para oferecer gratuitamente, desta vez, para as áreas afetadas pelos incêndios de 2019. A escolha de espécies autóctones, dotadas de maior rusticidade contribui para inúmeros serviços ambientais, para o aumento da biodiversidade e para uma maior preparação dos territórios relativamente a alguns efeitos das alterações climáticas.

O pinheiro manso é uma espécie adaptada a climas mediterrânicos, com seca estival, podendo tolerar até seis meses de secura, suportando ainda os ventos marítimos costeiros, estando adaptada ao território concelhio.

Esta medida enquadra-se nos eixos dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU, nomeadamente no que concerne à Ação Climática (ODS 13), Proteger a Vida Terrestre (ODS 15) e Parcerias para a Implementação dos Objetivos de Sustentabilidade (ODS 17).