Município de Estarreja conquista pela 6ª vez a Bandeira Verde ECOXXI

Município de Estarreja conquista pela 6ª vez a Bandeira Verde ECOXXI

O Município de Estarreja voltou a vencer a Bandeira Verde ECOXXI, que premeia o empenho dos Municípios em torno das boas práticas de sustentabilidade. Pelo sexto ano consecutivo, a Câmara Municipal apresentou a sua candidatura e foi novamente premiada com o galardão.

Entre 46 candidaturas apresentadas, 43 municípios foram distinguidos com a Bandeira Verde ECOXXI na 10ª edição do programa promovido pela Associação Bandeira Azul. “Todos os 46 municípios que participam no ECOXXI merecem, independentemente dos resultados obtidos, ser reconhecidos pela “coragem” de se proporem a uma avaliação das suas práticas e políticas em termos de sustentabilidade”, sublinha Margarida Gomes, Coordenadora Nacional do ECOXXI.

Com um índice médio de 62% nas 6 candidaturas que apresentou desde 2011, Estarreja superou os requisitos necessários para ver reconhecida a implementação das suas boas práticas que valorizam a construção do Desenvolvimento Sustentável.

Este galardão procura, através de um sistema de 21 indicadores de sustentabilidade, avaliar o desempenho dos municípios em 13 temas chave: educação ambiental, sociedade civil, instituições, conservação da natureza, ar, água, energia, resíduos, mobilidade, ruído, agricultura, turismo e ordenamento do território.

Aos olhos do Vereador da Câmara Municipal, João Alegria, “este é o reconhecimento do trabalho que o Município de Estarreja tem vindo a realizar de forma sustentada para que as boas práticas ambientais façam parte do dia a dia da comunidade, contribuindo para que a nossa terra seja o melhor local para se viver e se continue a construir um mundo sustentável, indispensável para o nosso futuro.”

A Cerimónia ECOXXI 2016, que distinguiu os 43 municípios, realizou-se no dia 25 de novembro, em Coimbra, com o apoio da CCDRC – Comissão de Cooperação e Desenvolvimento Regional do Centro. Recorde-se que a Região Centro foi a que apresentou a maior participação de municípios em 2016 (35%).