Município do Cadaval adota fertilizante natural na manutenção dos espaços verdes

Município do Cadaval adota fertilizante natural na manutenção dos espaços verdes

Dando cumprimento ao protocolo celebrado entre o município do Cadaval e a Cooperativa Agrícola dos Fruticultores do Cadaval (COOPVAL), teve recentemente lugar a recolha do primeiro lote de vermicomposto – fertilizante natural a utilizar pela Câmara Municipal na manutenção dos espaços verdes, dando assim um destino útil aos resíduos resultantes da calibragem da fruta.

O acordo em questão data de 14 de fevereiro e tem por base o facto de a manutenção dos espaços verdes da vila estar a cargo da Câmara Municipal do Cadaval. Verifica-se assim, por parte da edilidade, a necessidade de utilização regular de fertilizantes na dita manutenção.

Considera-se ainda o facto de a COOPVAL, enquanto central de armazenamento de fruta (embalagem, conservação e comercialização), produzir um vermicomposto a partir do aproveitamento dos subprodutos da calibragem, nomeadamente folhas e pedúnculos.

A vermicompostagem é um tipo de compostagem em que se usam minhocas para acelerar o processo de degradação da matéria orgânica e obter o vermicomposto, mais conhecido como “húmus de minhoca”. Trata-se de uma técnica que permite reduzir o lixo de forma sustentável, constituindo o vermicomposto um fertilizante natural muito rico em nutrientes, e que, neste caso, permite dar um destino útil aos subprodutos resultantes da calibragem.

O protocolo assinado entre as duas entidades pretende, assim, promover a aplicação daquele composto orgânico natural, produzido pela COOPVAL, na manutenção dos espaços verdes da vila do Cadaval.