Municípios vão receber dez milhões para comprar veículos elétricos

Municípios vão receber dez milhões para comprar veículos elétricos

A primeira iniciativa pública que vai beneficiar de apoios do futuro Fundo do Ambiente, a nova designação do mecanismo que vai substituir o Fundo Português de Carbono e ver ampliado o seu objeto de atuação, vai ser na área da descarbonização da economia e do aumento da rede de mobilidade elétrica. Trata-se de um apoio de dez milhões de euros que pretende potenciar um investimento que atinge os 30 milhões, destinado à mobilidade elétrica nas autarquias. De acordo com o Público, a partir de 15 de Setembro e atá ao final de Novembro, os municípios ou as entidades gestoras que fazem serviços ambientais à escala municipal poderão candidatar-se a apoios para a compra de viaturas elétricas. O Fundo do Ambiente deverá contribuir com uma verba de dez milhões de euros. O concurso vai ser lançado sob a égide do Fundo Português de Carbono, até porque o Fundo do Ambiente só entra em vigor a 1 de janeiro, mas deverá ser apenas depois desse prazo que as candidaturas poderão ser apreciadas e aprovadas. As expetativas do Governo apontam para que este concurso permita o apoio à aquisição de cerca de 1700 viaturas por parte de 65 municípios.

De acordo com os parâmetros do concurso, o Governo pretende apoiar, a fundo perdido, 50% do investimento das autarquias em máquinas varredouras/lavadouras e comparticipar em 25%, também a fundo perdido, o investimento necessário para a compra de viaturas de limpeza urbana, de jardins e de apoio a serviços ambientais.