Nesta Páscoa, visite virtualmente o Jardim Zoológico e conheça a cria saída da casca

Nesta Páscoa, visite virtualmente o Jardim Zoológico e conheça a cria saída da casca

Na semana em que se assinala a Páscoa, o Jardim Zoológico propõe um conjunto de atividades para toda a família. Entre as surpresas preparadas, o Zoo desafio os visitantes virtuais a assistir ao nascimento de uma tartaruga através de um vídeo partilhado no canal de Youtube do parque, e a participar na sempre tão aguardada “Caça aos Ovos”, desta feita, virtual.

De 10 a 12 de abril, reúna a família no site oficial do Jardim Zoológico e deixe-se desafiar pelo passatempo “Caça virtual aos ovos da Páscoa“. Seguindo um conjunto de pistas disponibilizadas no site do Zoo, os visitantes terão de encontrar os ovos escondidos nas várias páginas do site. No final, terão apenas de enviar um email para info@zoo.pt com as respostas corretas para cada pista, e habilitar-se diariamente a um dos cinco convites duplos para visitar o Jardim Zoológico, que temos para oferecer. Um total de 15 convites duplos com validade de 1 ano após a reabertura do parque. Os convites serão atribuídos aleatoriamente às primeiras cinco respostas certas verificadas em cada dia.

Assista ao nascimento de uma tartaruga “saída da casca”

Como abril é o mês dos ovos, o Jardim Zoológico aproveita ainda o momento para apresentar uma cria “saída da casca”. Trata-se de uma pequena Tartaruga-espinhosa que nasceu no dia 19 de julho de 2019, após quatro dias no processo de eclosão. Depois do nascimento, o animal foi avaliado pela curadora e monitorizado pela equipa de tratadores do reptilário para garantir que seguia os parâmetros normais de desenvolvimento. Tanto o nascimento, como os momentos que se seguiram foram registados e podem ser revistos no vídeo partilhado na página de Youtube do parque.

Os progenitores deste animal, chegaram ao Jardim Zoológico em 2005, após uma apreensão de alguns animais que seguiam a rota do comércio ilegal, a principal causa de extinção desta espécie classificada como “Em Perigo” pela União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN).

Esta apreensão decorreu no âmbito da campanha bianual lançada em 2004 pela EAZA, ShellShock, que tinha como objetivo a erradicação do comércio ilegal de répteis. Nascimentos como este trazem a esperança à conservação desta espécie francamente ameaçada, e para a qual o Zoo é coordenador do Studbook Europeu, com o objetivo de elaborar uma estratégia de conservação em habitat natural.

Nesta semana da Páscoa, deixe o Jardim Zoológico entrar em sua casa e aceite o desafio de uma volta ao mundo selvagem sem sair do sofá.