Neutralidade carbónica implicará mais 2.000 milhões em investimento por ano

Neutralidade carbónica implicará mais 2.000 milhões em investimento por ano

O investimento anual em Portugal, segundo a Lusa noticiou, deverá aumentar 2 mil milhões de euros para tornar o país neutro nas emissões de dióxido de carbono até 2050.

Em declarações aos jornalistas, à margem da apresentação do Roteiro para a Neutralidade Carbónica, João Pedro Matos Fernandes indicou que o nível anual de investimento feito em Portugal atinge “30 mil milhões de euros”, valor a que deverá acrescer 2 mil milhões de euros por ano de investimento, a maioria privado.

O maior investimento deverá ser no setor dos transportes e na passagem de veículos a combustão para veículos elétricos. Progressivamente, os veículos elétricos deverão ser mais baratos, ao ponto de não compensar a ninguém comprar carros a gasóleo ou gasolina, apontou.

A meta do Roteiro é fazer com que Portugal esteja, em 2050, em condições de emitir anualmente 10 milhões de toneladas de dióxido de carbono, mas que as suas florestas e solos sejam capazes de compensar essas emissões, ou seja, atingir a neutralidade carbónica.