Nova Central de Triagem da Suldouro permite separar 4,5 toneladas por hora de embalagens para reciclar

Nova Central de Triagem da Suldouro permite separar 4,5 toneladas por hora de embalagens para reciclar

Categoria Ambiente, Resíduos

A Suldouro, concessionária da EGF, inaugurou na passada sexta-feira, 26 de novembro, em Sermonde – município de Vila Nova de Gaia, a nova central de triagem de materiais. Cofinanciada em 85% pela União Europeia através do POSEUR (Programa Operacional para a Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos), a nova central teve um investimento no valor de 2,7 milhões de euros, segundo a Suldouro.

Este valor dá seguimento ao ciclo de investimentos dos últimos seis anos no valor de 20 milhões de euros, sendo que 4,6 milhões de euros foram investidos na recolha seletiva porta-a-porta, que abrange um potencial de 40.000 habitações e que permitiu aumentar esta recolha seletiva em mais de 60% neste período.

De acordo com a Suldouro, a nova central de triagem permite separar 4,5 toneladas por hora de embalagens para reciclar e garante, nesta fase, o trabalho direto a 39 trabalhadores.

A propósito desta iniciativa, Miguel Lisboa, presidente do Conselho de Administração da empresa, refere que “estes investimentos permitem-nos afirmar que a Suldouro está empenhada no cumprimento das metas exigentes do país e que o novo ciclo de investimentos 2022-2024 permitirá dar continuidade aos objetivos ambiciosos definidos para a gestão de resíduos e de recursos”.

O evento contou com a presença do ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes; da secretária de Estado do Ambiente, Inês dos Santos Costa; do presidente do Conselho de Administração da EGF, Emídio Pinheiro; do presidente do Conselho de Administração da Suldouro, Miguel Lisboa; e dos presidentes das Câmaras Municipais de Santa Maria da Feira e de Vila Nova de Gaia, Emídio Sousa e Eduardo Rodrigues, respetivamente.