Nova cria de Bongo nasce no Jardim Zoológico

Nova cria de Bongo nasce no Jardim Zoológico

A última cria a nascer no Jardim Zoológico em 2016 foi um Bongo macho. Nasceu na manhã de 23 de dezembro e, hoje, ainda com menos de 1 mês, já explora a instalação com a progenitora. O Bongo é um herbívoro ruminante proveniente da região central do continente africano. Conhecem-se duas subespécies deste antílope, o Bongo-das-terras-baixas e o Bongo-da-montanha, pertencendo a mais recente cria do Jardim Zoológico à segunda subespécie, a mais ameaçada.

O pequeno macho nasceu na manhã de 23 de dezembro, depois de uma gestação de nove meses. À semelhança do que acontece na natureza, também no Jardim Zoológico, a cria manteve-se sozinha, num abrigo, nos primeiros dias após o nascimento. Durante esse período, a progenitora regressou regularmente ao abrigo para amamentá-la. Findo esse tempo, ambas vieram para a instalação exterior e a pequena cria começou a explorar o meio envolvente.

Segundo dados da UICN (União Internacional para Conservação da Natureza), o Bongo-da-montanha (T. eurycerus isaaci) está classificado como “Criticamente em Perigo”. A perda do habitat e a caça ilegal quase levaram esta subespécie à extinção.