Novas crias nos ninhos do Parque Florestal de Monsanto (ligação ao vivo)

Novas crias nos ninhos do Parque Florestal de Monsanto (ligação ao vivo)

Já nasceram as crias do casal de chapins-reais que ocupou o ninho 1, uma das quatro caixas-ninho com transmissão em direto, instaladas no Parque Florestal de Monsanto no âmbito do projeto “Ninhos em Direto”. (Para ver: http://www.cm-lisboa.pt/viver/ambiente/parque-florestal-de-monsanto/ninhos-em-direto/ninho-1)

O projeto está online desde 2008 e dá a conhecer neste portal as várias fases de nidificação das aves que escolhem o Parque Florestal de Monsanto para a sua reprodução.

Estas caixas-ninho são utilizadas todos os anos por aves insetívoras, como os chapins, carriças ou trepadeiras. A instalação de pequenas câmaras de vídeo e a transmissão em direto na página da CML permite a qualquer pessoa assistir a tudo o que se passa no interior da caixa-ninho. “Desde a construção do ninho pelas aves, à postura e incubação dos ovos, ao nascimento e desenvolvimento das crias até estas estarem preparadas para voar… cada etapa é monitorizada pelo LxCRAS que oferece, assim, a oportunidade a todos os que se interessem ou tenham curiosidade de poderem saber mais sobre estas aves tão importantes no equilíbrio dos ecossistemas e acompanhar esta fase de vida especialmente fascinante”, indica a autarquia.

O chapim-real é a maior espécie de chapim que pode ser vista em Lisboa durante todo o ano, um pouco por toda a cidade, sobretudo na proximidade de espaços verdes, onde o seu canto é ouvido com frequência, sobretudo durante a primavera, na época de nidificação. Para além das suas cores vibrantes, muito apreciadas pelos observadores de aves, são também importantes aliados no controlo dos insetos, os quais constituem a base da sua dieta.