Novidades no Topten.pt da Quercus de eletrodomésticos líderes em eficiência energética

Novidades no Topten.pt da Quercus de eletrodomésticos líderes em eficiência energética

Categoria Energia

Antecipando o regresso de férias de muitos portugueses, a Quercus divulga as últimas atualizações do projeto Topten.pt, uma ferramenta online e independente que permite conhecer os equipamentos líderes em eficiência energética no mercado nacional. Esta última atualização abrangeu seis categorias de eletrodomésticos de uso regular, nomeadamente máquinas de lavar roupa e loiça, frigoríficos, congeladores, fornos e aspiradores.

As principais novidades:
Aspiradores: aumentou o número de modelos classificados com a classe A em quatro critérios da etiqueta: consumo de energia; eficácia de limpeza em alcatifas e em pavimento duro e reemissão de pó. Refira-se que os aspiradores colocados no mercado a partir de 1 de setembro de 2017 passarão a estar sujeitos a novos critérios mais exigentes, que limitarão, por exemplo, a potência a 900W, bem como o ruído a um máximo de 80db(A). A etiqueta energética deste equipamento também irá sofrer alterações, passando os novos aparelhos no mercado a ter uma escala de classes entre A+++ e D;

Equipamentos de frio: os frigoríficos e os congeladores foram duas das categorias agora atualizadas, tendo ambas registado um aumento do número de marcas e modelos que cumprem os exigentes critérios Topten;

Máquinas de lavar: outras das duas categorias atualizadas dizem respeito às máquinas de lavar roupa e loiça, que registaram ambas um aumento em 50% do número de modelos A+++/A, isto é, com a máxima eficiência em termos energéticos e de desempenho na centrifugação (roupa) e secagem (loiça);

Fornos: tendo em conta que existem cada vez mais habitações equipadas com forno elétrico, esta categoria assume também especial importância, considerando ainda tratar-se de um eletrodoméstico usado com bastante regularidade. Com esta atualização, passaram a existir mais modelos eficientes para escolha.

A consulta da ferramenta Topten.pt – um projeto da Quercus que conta já com 10 anos de existência – permite conhecer os 10 modelos do mercado nacional, num total de 14 categorias, com melhor performance em termos de consumo energético, ponderando também outros critérios de desempenho.

A atualização periódica dos rankings Topten permite dar a conhecer os modelos recentemente lançados no mercado pelos fabricantes, acompanhando o avanço da tecnologia, em consonância com a crescente exigência dos regulamentos europeus. O consumidor dispõe de informação relevante para uma compra bem informada, revela a associação ambientalista, nomeadamente a eletricidade e água (quando aplicável) que os aparelhos vão consumir e gastar ao longo do seu tempo de vida útil. É ainda possível, em qualquer categoria, fazer a comparação com um modelo menos eficiente, de modo a poder quantificar o potencial de poupança por investir num modelo equivalente de maior eficiência.

Além da consulta da ferramenta online, o projeto conta também com o Selo “Líderes em eficiência energética”, que pode ser encontrado nas lojas físicas e online, bem como nos sites das marcas. É importante referir que algumas lojas de venda online ainda não apresentam a etiqueta energética, um elemento obrigatório segundo as normas em vigor.

Como são selecionados os produtos Topten?
Os rankings do Topten estão em constante atualização, sendo a seleção dos modelos feita a partir de um processo transparente e independente. São recolhidos dados dos modelos nos websites e catálogos dos fabricantes, complementados através da troca direta de informações com os mesmos. Os critérios aplicados são definidos a nível europeu, com base científica e legislativa, estando também disponíveis para consulta no portal. A partir dessa base, são escolhidos os 10 melhores modelos à venda em Portugal para cada categoria, cujos dados são, sempre que possível, confirmados pelas respetivas marcas.

O Topten.pt está inserido no projecto Topten Act, financiado pelo Programa-Quadro de Investigação e Inovação – H2020, da União Europeia, que reúne 17 parceiros de 16 países.