Obra de reforço das praias da Costa da Caparica com 6,3 milhões de euros

Obra de reforço das praias da Costa da Caparica com 6,3 milhões de euros

O ministro do Ambiente e da Transição Energética, João Pedro Matos Fernandes, e a secretária de Estado do Ordenamento do Território e da Conservação da Natureza, Célia Ramos, participam este sábado, 23 de março, na cerimónia de lançamento do concurso para a alimentação artificial das praias da Costa da Caparica e de São João da Caparica. A cerimónia, agendada para as 11:00 horas, decorrerá no apoio de praia Kontiki Bar.

O orçamento da intervenção é de 6,3 milhões de euros, suportados pela Agência Portuguesa do Ambiente (4,1 milhões de euros, 65%) e pela Administração do Porto de Lisboa (2,2 milhões de euros, 35%). O Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos financia em três milhões de euros (75%) a operação realizada pela APA.

A intervenção visa a execução de uma nova operação de alimentação artificial desde a zona a sul do Esporão EC1 da Costa da Caparica até ao Esporão EV1 da Cova do Vapor, com o aproveitamento de um milhão de metros cúbicos de areias retiradas do Canal da Barra Sul, na entrada do estuário do Tejo. A intervenção irá abranger um comprimento de linha de costa de 3,8 km. A obra tem uma duração prevista de 60 dias e terá início em 2019.

A empreitada tem como objetivo providenciar maior proteção (às pessoas e à propriedade) contra os fenómenos de galgamento oceânico e, ainda, minimizar os efeitos negativos causados pelos temporais sobre essa linha de costa. Permite também proteger parcelas valiosas do território do ponto de vista ambiental e estratégico e aumentar a capacidade recreativa e balnear das praias.