Odiana promove visita à Reserva Natural do Sapal com 1º Ciclo Escolar

Odiana promove visita à Reserva Natural do Sapal com 1º Ciclo Escolar

Celebra-se hoje, dia 01 de Outubro, o Dia Nacional da Água, e para relembrar a importância deste bem essencial, a Odiana, em colaboração com a Reserva Natural do Sapal de Castro Marim e Vila Real de Santo António, e no âmbito da SEIVA, preparou um leque de atividades didáticas e de sensibilização ambiental com crianças do território.

O objetivo foi levar alunos de 1º ciclo de escolaridade a conhecer a Reserva Natural do território, juntamente com uma visita interpretativa ao trilho recém-requalificado Sapal de Venta Moinhos, observação de avifauna, visualização de um vídeo sobre a Reserva Natural e uma reflexão sobre os desperdícios e os comportamentos preventivos no que concerne à água.

Para este efeito foram abrangidos um total de 44 alunos de duas turmas (3º e 4º ano) da Escola EB1/JI Manuel Cabanas de Vila Nova de Cacela. Para alguns alunos, foi a primeira visita a este espaço natural de grande importância no Baixo Guadiana, sendo que foi a Primeira Reserva Natural a ser constituída em Portugal continental.

Recorde que a Odiana tem vindo a desenvolver um rol de ações de sensibilização para jovens no que concerne à valorização e promoção do património da água, sendo que a tónica esteve no Rio Guadiana, como elemento de vida e união entre países vizinhos – Portugal e Espanha.

A atividade de comemoração do Dia Nacional da Água está integrada na Semana da Educação e Iniciativas de Voluntariado Ambiental (SEIVA), promovida pela Agência Portuguesa do Ambiente entre 25 de setembro e 3 de outubro, no âmbito do projeto Voluntariado Ambiental para a Água. A sublinhar que a Odiana desenvolveu esta ação de sensibilização ambiental, através do projeto VALAGUA – Valorização Ambiental e Gestão Integrada de Água e dos Habitats no Baixo Guadiana Transfronteiriço aprovado no âmbito da Primeira Convocatória do Programa Interreg V-A Espanha- Portugal 2014-2020, cofinanciado pelo FEDER.

A ação contou ainda com a colaboração fundamental da Reserva Natural do Sapal de Castro Marim e Vila Real de Santo António – ICNF e do Município de Vila Real de Santo António.