Oeste Sustentável recebeu a nível nacional 12 candidaturas para o projeto Living Streets

Oeste Sustentável recebeu a nível nacional 12 candidaturas para o projeto Living Streets

Sendo promovida em Portugal pela OesteSustentável – Agência Regional de Energia do Oeste, as candidaturas para o projeto Living Streets fecharam no passado dia 9 de outubro, tendo recebido 12 candidaturas. Em comunicado, a OesteSustentável refere que as 12 candidaturas portuguesas recebidas distribuem-se pelas seguintes regiões: Açores (1), Centro (6), Algarve (1), Área Metropolitana do Porto (1) e Área Metropolitana de Lisboa (3).

As Living Streets são um conceito, que visa a recuperação do espaço público, redefinindo o seu uso, fechando temporariamente uma rua (parcial ou completamente) e proibindo a passagem de veículos. Paralelamente, são desenvolvidas atividades de forma a fomentar o envolvimento dos cidadãos, criando redes de ação e reflexão, para capitalizar as ideias da experiência Living Streets.

De acordo com agência, os municípios apresentaram “ideias bastante criativas” que passam por “decoração de ruas, atividades culturais e desportivas, mercados de rua, hortas comunitárias, workshops de diversas temáticas, concurso de fotografia e projeção de filmes, aluguer de bicicletas, plantação de árvores, piqueniques e almoços comunitários, oficinas artísticas e criação de mascote para o projeto”.

Todas as atividades que serão desenvolvidas no âmbito do projeto, têm como objetivo principal uma “melhoria da utilização do espaço público do ponto de vista social e económico, melhoria da qualidade de vida e do ambiente para moradores, visitantes e população em geral”, refere o mesmo comunicado.

Em Portugal, as Living Streets deverão ser implementadas entre dezembro de 2020 e outubro de 2021 e as duas candidaturas vencedoras têm acesso a um financiamento, para o desenvolvimento do seu projeto, no valor de vinte mil euros cada uma.

As duas candidaturas vencedoras serão anunciadas no website da OesteSustentável no dia 6 de novembro de 2020.

Após o anúncio dos resultados será organizado pela Oeste Sustentável um workshop de capacitação aos vencedores do projeto sobre como organizar, promover e reportar as Living Streets