PAN cria Dia Municipal das Medicinas Naturais

PAN cria Dia Municipal das Medicinas Naturais

O PAN – Partido Pessoas-Animais-Natureza, acaba de aprovar, por maioria, na Assembleia Municipal de Lisboa, a criação do Dia Municipal das Medicinas Naturais, que irá ser celebrado no próximo dia 15 de Julho.

O Dia das Medicinas Naturais será celebrado no jardim Fernando Pessoa com várias actividades que incluem demonstrações e esclarecimentos sobre plantas medicinais, aulas abertas, massagens e actividades como Yoga, Tai chi e Chi Kung. Estarão, também, disponíveis, bancas das instituições com informações e produtos e, mais ao final da tarde, o deputado municipal do PAN em Lisboa, Miguel Santos, vai estar presente numa mesa redonda onde se debaterá os benefícios e limitações das Medicinas Naturais.

Tendo em consideração que a 15 de Julho de 2003 foi aprovado por unanimidade, no parlamento português, o “Enquadramento Base das Terapêuticas Não-Convencionais” sob a designação de Lei 45/2003, o PAN considera que a criação do Dia Municipal das Medicinas Naturais pode contribuir “fortemente” para uma maior consciencialização sobre esta temática que envolve a saúde pública e que serve já “uma enorme percentagem” da população lisboeta.

A partir deste ano, Lisboa contará com um dia dedicado à promoção da saúde e bem-estar através da utilização e divulgação das Medicinas Naturais a maior parte delas alicerçadas em práticas milenares provenientes de várias culturas. André Silva, porta-voz do PAN reforçou que: pretendem ser “um agente agregador dos vários intervenientes nestas atividades, promovendo a mudança de mentalidades e dinamizando a progressiva aceitação e utilização das medicinas naturais”.