Panasonic recebe veículo da Nissan 100% elétrico

Panasonic recebe veículo da Nissan 100% elétrico

O diretor geral da Panasonic, multinacional tecnológica que está a desenvolver diversos projetos de Smart Cities em todo o mundo, recebeu recentemente um veículo elétrico Nissan Leaf cedido pela Nissan, líder no desenvolvimento e impulso da mobilidade sustentável.

Desta forma, a Panasonic vem reforçar o seu compromisso com a sustentabilidade e o meio ambiente, “um dos eixos principais da sua estratégia empresarial e visão de futuro”. A companhia conta, assim, com projetos de referência mundial, como a Fujisawa Sustainable Smart Town (Fujisawa SST), uma cidade sustentável nas redondezas de Tóquio que utiliza sistemas de energia inteligentes. Em novembro de 2014 a cidade foi oficialmente inaugurada e o projeto estará totalmente concluído em 2018, quando se cumprir o 100º aniversário da fundação da Panasonic. Com um custo total de 60.000 milhões de ienes, a cidade contará com uma população de 3000 habitantes que ocuparão os 1000 lares previstos.

Esta cidade inteligente conta com as últimas tecnologias para “criar, armazenar e poupar energia e, assim, reduzir o gasto energético até 70% nos lares e 20% nos locais públicos”. Este novo modelo de cidade também tem espaços para facilitar a recarga de carros elétricos, de bicicletas elétricas e um terreno totalmente favorável a peões. Ao alcançar a redução global das emissões de CO2 em 70% em comparação com os níveis de 1990, “para além de conectar a cidade a novas formas de energia sustentáveis, também se promove a biodiversidade, criando zonas verdes em toda Fujisawa”, avança a empresa em comunicado.

No momento da atribuição, o diretor geral da Panasonic Portugal e Espanha, Mirko Scaletti, salientou que “a empresa de eletrónica de consumo incorpora a eficiência energética e de recursos, desde o desenvolvimento até à venda dos seus produtos”. Afirmou, ainda, que “a Panasonic aposta na ‘eco-inovação’ com o objetivo de reduzir as emissões, o rácio de reciclagem ou a quantidade de resíduos em todas as atividades da empresa”. Scaletti acredita que o veículo elétrico é, também, “uma clara prova desta inovação ecológica” e recordou que já circulam diversos veículos de emissão zero pelas ruas da Fujisawa Sustainable Smart Town.

“Fazer pedagogia sobre a importância da mobilidade de zero emissões e unir esforços com empresas que têm a sustentabilidade no seu ADN é um pilar chave para que o carro elétrico seja a opção maioritária entre a população. E, apenas este tipo de mobilidade, permite uma eliminação total dos gases poluentes”, destacou, por sua vez, o diretor geral da Nissan Ibéria, Marco Toro.