Parques Sintra investe em projectos de recuperação ambiental

Categoria Home

A Parques de Sintra tem actualmente em curso seis projetos na área da proteção e recuperação ambiental, reforçando desta forma a aposta na salvaguarda da área florestal Património Mundial sob a sua tutela. Estes projetos envolvem, em alguns casos, investimento próprio da Parques de Sintra e, noutros casos, cofinanciamentos ou subsídios que a empresa conseguiu captar. A limpeza e reflorestação da Tapada do Saldanha, que a Parques de Sintra adquiriu grande parte em 2010, constitui um dos maiores projetos de reflorestação da Serra de Sintra, no qual serão plantadas aproximadamente 50.000 árvores.   Outra área de investimento da Parques de Sintra, no que concerne à proteção do ambiente, prende-se com a vigilância contra incêndios florestais, que este ano volta a ser contemplada com apoio, neste caso um investimento na ordem dos 60 mil euros. Este projeto visa garantir que a área florestal de Sintra se encontra monitorizada 24 horas por dia na época de maior risco, e que os meios de resposta a eventuais incêndios operam nas melhores condições. Um outro projecto da Parques de Sintra na área do ambiente prende-se com a recuperação da Casa da Tapada do Shore (junto ao Parque da Pena), que envolveu o investimento de cerca de 164 mil euros por parte da empresa. Este espaço foi recuperado com o intuito de acolher equipas de estudantes e investigadores em trabalho de campo (tendo-se iniciado essa recepção já em Maio), ao abrigo de programas protocolados com universidades e centros de investigação, fomentando a realização de trabalhos que lhes permitam aprofundar a sua formação académica e contribuir para maior conhecimento sobre o património da Paisagem Cultural de Sintra.