Pescadores ainda não receberam apoios prometidos pelo governo

Pescadores ainda não receberam apoios prometidos pelo governo

A Federação dos Sindicatos do Setor da Pesca denunciou ontem que os pescadores do cerco, cujas embarcações estão paradas por terem esgotado o limite de captura estipulado para pescar a sardinha, ainda não receberam os apoios prometidos pelo governo, avança o jornal I.

“Os pescadores não receberam qualquer apoio decorrente da paragem da pesca da sardinha”, contou o coordenador da federação, Frederico Pereira. O problema pode afetar cerca de mil trabalhadores do setor, cujas famílias começam a desesperar, adiantou ainda.

Em alguns casos, como o dos profissionais da pesca de Peniche e Nazaré, cujas embarcações foram as primeiras a parar, no final de Agosto, os pescadores estão sem receber há três meses, sendo os apoios a sua única fonte de rendimento, advertiu o sindicalista.

A uma semana de terminar o mês, a Federação do Sindicato do Setor da Pesca desconhece ainda se os apoios prometidos até 30 de novembro vão ser prolongados para além dessa data. Nesse sentido. Frederico Pereira diz ter solicitado uma reunião ao secretário de Estado do Mar, de quem ainda não recebeu uma resposta.