Planetiers mostra como ser amigo do ambiente

Planetiers mostra como ser amigo do ambiente

A Planetiers é uma plataforma que agrega e disponibiliza soluções que existem já no mercado que têm um impacto amigo do ambiente e chega ao mercado já este mês, refere hoje o Negócios.

Um dia, Sérgio Ribeiro chegou a casa e notou que os irmãos mais novos tinham todas as luzes acesas. Percebeu que, apesar dos alertas feitos na escola, a mensagem de poupança não estava a ser interiorizada. Investigou e concluiu que este não era caso único. “Depois [do que vi em casa], comecei a ver mais [situações destas]. A atenção das pessoas está em outro tipo de motivações”, conta ao Negócios.

Assim surgiu a ideia de reverter a situação. Decidiu criar “a primeira plataforma que vai agregar todas as soluções – produtos e serviços – disponíveis no mercado que tenham um impacto positivo no ambiente”.

O lançamento desta plataforma, a Planetiers, está previsto para este mês de janeiro. O objetivo é que tenha soluções que permitam que as famílias ou as empresas possam, por exemplo, reduzir os consumos de água, energia e papel. “Vamos servir de intermediários”, entre os prestadores de serviços e os clientes que podem ser famílias ou empresas.

Há dois tipos e acesso à plataforma. “Um desses acessos é para vendedores, ou seja, os fornecedores de serviços e produtos, que podem disponibilizá-los. Do outro lado, regista-se o consumidor que pode usufruir das vantagens e serviços que estão disponíveis. Ao fazermos essa intermediação, crescemos a comunidade porque vamos informá-la do que está previsto e especificamos o que estão a ganhar ao implementarem, por exemplo, uma torneira que poupe mais água”, explica o CEO e co-fundador da Planetiers.

A startup, que tem o mesmo nome que a plataforma, nasceu no ano passado. Os dois fundadores – Sérgio Ribeiro e Carlos Carvalho – acreditam que o futuro passa pelo digital e, por isso, pensam que motivar as pessoas para esta questão, deve ser precisamente, “através de plataformas digitais, onde elas já estão presentes. Para que possam ajudar a transmitir um conhecimento ambiental profundo”, defende ainda o CEO, é necessário comunicar o que existe. “Antes de educar temos de dizer às pessoas o que está no mercado. E até que ponto aquilo pode ser benéfico para elas e para o ambiente”.

Nesta plataforma há também um jogo que permite aos utilizadores criarem o seu planeta e onde são responsáveis pelo seu desenvolvimento. Um dos principais objetivos é que os utilizadores transponham, para a vida real, algumas das medidas que estão a implementar no jogo.