Polícia angolana apreende embarcações de pesca ilegal em áreas petrolíferas

Polícia angolana apreende embarcações de pesca ilegal em áreas petrolíferas

A polícia fiscal angolana apreendeu quatro embarcações de pesca, com 29 tripulantes, por prática de pesca ilegal em áreas de exploração petrolífera no norte do país. Segundo o comandante da polícia da unidade fiscal marítima, superintendente-chefe Firmino Haiumba, todos os passageiros são de nacionalidade angolana e não apresentavam cédulas marítimas.

“A princípio não ficam detidos, apenas as embarcações ficam apreendidas. Os cidadãos vão para as suas casas, os armadores são notificados e vão ser ouvidos em processo”, referiu o responsável. Firmino Haiumba disse que a apreensão ocorreu fruto de acções coordenadas entre as direcções de segurança das companhias petrolíferas, dos blocos petrolíferos e da polícia, com recurso a embarcações da fiscalização das pescas, da capitania e da polícia.

“Todos os crimes que ocorrerem no mar, todas as infrações que ocorrerem no mar, que vão do ponto de vista de violação às normas marítimas, às normas das pescas, imigração ilegal, o contrabando de mercadorias, os roubos ou furtos que surgirem no mar a polícia interpela esses casos e remete aos órgãos competentes para o devido tratamento”, realçou o comandante, citado pela imprensa local.

As autoridades angolanas anunciaram, no mês passado, a apreensão de outras 18 embarcações pesqueiras e a detenção de 40 cidadãos estrangeiros, resultado de uma operação entre 9 de Junho e 8 de Julho deste ano. Oito das embarcações foram apreendidas por violação ao perímetro de segurança das sondas petrolíferas, cinco por violação às normas de pescas e igual número por violação às normas marítimas.