Politécnico de Leiria assume compromisso com princípios e práticas de desenvolvimento sustentável

Politécnico de Leiria assume compromisso com princípios e práticas de desenvolvimento sustentável

O Politécnico de Leiria é uma das 29 instituições que recentemente formalizaram em sessão pública no Porto uma “carta de compromisso para a implementação de uma cultura de sustentabilidade”, através do desenvolvimento de programas de “campus sustentável”. Segundo a instituição, esta iniciativa, integrada na primeira Conferência Campus Sustentável, é um “marco importante e inovador” para o Ensino Superior em Portugal, tendo surgido o convite da Rede Campus Sustentável, rede de cooperação de membros das comunidades do Ensino Superior em Portugal para o Desenvolvimento Sustentável.

O presidente do Politécnico de Leiria, Rui Pedrosa destaca em comunicado que “estamos muito empenhados em honrar este novo compromisso com a aplicação de mais novas práticas sustentáveis na nossa instituição, e continuar o trabalho de sensibilizar a nossa comunidade académica para os hábitos mais “verdes”, colocando as nossas ações e conhecimentos ao serviço da sociedade e do ambiente”.

Com este acordo, o Politécnico de Leiria assume um compromisso com os princípios e a prática do desenvolvimento sustentável, nas vertentes ambiental, social e económica, seguindo uma abordagem holística, bem como a realização de diversas ações. A promoção da ética para a sustentabilidade é uma delas, que abrange a promoção da literacia na área da sustentabilidade da comunidade académica, para a adoção consciente de atitudes socialmente responsáveis, melhores práticas ambientais e padrões de consumo sustentáveis.

Outra das atividades é proporcionar formação e espaços de experimentação e debate que abordem a temática do desenvolvimento sustentável, promover a educação e investigação transdisciplinar colaborativa na área do desenvolvimento sustentável, apresentando-se ao serviço da sociedade e do bem comum, bem como divulgar todas as suas iniciativas e boas práticas nesta área.

O Politécnico de Leiria garante ainda promover e apoiar as redes interdisciplinares de especialistas na área da sustentabilidade ao nível local, regional, nacional e internacional, de forma a colaborar em projetos de investigação e/ou educativos, proporcionando a mobilidade de estudantes e colaboradores docentes e não docentes. Desta forma, potencia parcerias com outros setores da sociedade no campo do desenvolvimento sustentável, e reforça a transferência de tecnologia e/ou métodos de gestão avançados com possíveis impactos na sustentabilidade.

A Rede de Campus Sustentável Portugal foi fundada em 2018 por membros das Instituições de Ensino Superior, e tem como objetivo promover questões de sustentabilidade nas universidades e politécnicos portugueses, contribuindo para uma sociedade mais sustentável.

Foto cedida por: Politécnico de Leiria