Porto de Lisboa geriu sete mil toneladas de resíduos em 2018

Porto de Lisboa geriu sete mil toneladas de resíduos em 2018

Categoria Advisor, Empresas

No Dia Mundial do Ambiente, assinalado esta quarta-feira, o Porto de Lisboa divulgou o balanço dos resíduos que geriu em 2018, “quase sete mil toneladas, englobando a gestão de resíduos de navios e a limpeza urbana”, anuncia em comunicado.

O Porto de Lisboa é responsável pela gestão dos resíduos produzidos pelos navios, garantindo o seu encaminhamento até destino final adequado, por operadores devidamente autorizados. Ao cais ou ao largo, são “disponibilizados os meios portuários necessários para receção de resíduos”, de modo a “reduzir as descargas ilegais de resíduos no mar e incentivar a maximização da reciclagem”, lê-se no comunicado.

A destacar que Porto de Lisboa está situado num dos maiores e mais ricos estuários da Europa, no que respeita aos valores naturais e está abrangida por diversos estatutos de conservação da natureza. Grande parte da área operacional portuária de Lisboa localiza-se na zona central da capital. A área de jurisdição portuária confina com os territórios de onze municípios, que circundam o estuário do Tejo: Alcochete, Almada, Barreiro, Benavente, Lisboa, Loures, Moita, Montijo, Oeiras, Seixal e Vila Franca de Xira.

A Administração do Porto de Lisboa adota uma atitude proativa de conciliação da sua atividade e dos seus projetos de desenvolvimento e expansão, com os interesses das populações vizinhas e da conservação da natureza, atuando ao nível estratégico.