Portugal investe no setor da água em economias emergentes euroasiáticas

Portugal investe no setor da água em economias emergentes euroasiáticas

Decorreu, esta manhã, no pequeno auditório do Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC), a conferência “O setor da água em economias emergentes euroasiáticas: Geórgia, Montenegro, Tajiquistão e Sérvia”, promovida pela Parceria Portuguesa para a Água (PPA).

A Comissão Económica para a Europa das Nações Unidas (UNECE) realizou recentemente Avaliações de Desempenho Ambiental (EPR – Environmental Performance Reviews) a estes mercados, enquadrados na sua área de intervenção, que tiveram como principal motivação reforçar a integração das políticas ambientais e de desenvolvimento socio económico, promovendo a cooperação com a comunidade internacional neste domínio.

A PPA participou nestas missões da UNECE a estas regiões, assegurando o domínio temático da Água, através da presença de peritos e técnicos de empresas associadas da PPA.

O presidente do LNEC, Carlos Pina, disse, esta manhã, que esta “é uma forma de promover a imagem do setor da água português nestes países e, dessa forma, contribuir para a internacionalização das nossas empresas”. “Daquilo que conhecemos destes países, achamos que Portugal os pode ajudar muito”, frisou. Da mesma opinião é Carlos Raposo, diretor de Projetos & Tecnologia, Sisaqua (Grupo Consulgal), que salientou que “estes países são interessantes para entrarmos com ideias”.

No evento estiveram, ainda, presentes, o presidente da PPA, a diretora da AICEP Portugal Global, o embaixador da Sérvia em Portugal e o embaixador da Geórgia em Portugal.