Portugueses são dos europeus que pagam mais pelo gás e luz

Portugueses são dos europeus que pagam mais pelo gás e luz

Categoria Ambiente, Energia

Portugal é o segundo país com o gás mais caro da União Europeia e o terceiro em relação ao preço da eletricidade, de acordo com um boletim do Eurostat relativo ao segundo semestre do ano passado, divulgado ontem. No caso do gás, o peso da fatura energética paga pelos portugueses nos últimos seis meses de 2013 só foi ultrapassado pela Bulgária. E, no caso da eletricidade, o valor pago em Portugal só foi superado pelo Chipre e pela Alemanha, faz alusão o Diário Económico.

Segundo revelam os dados do Eurostat, o preço do gás em Portugal atingiu, na última metade do ano passado, os nove euros e 30 cêntimos por cada 100 kilowatts/hora. Um valor que foi superior à média da União Europeia, a qual ronda os sete euros.

Quanto ao preço da eletricidade, foi de 21 euros e 30 cêntimos por cada 100 kilowatts/hora no mercado nacional. Neste caso, o valor já se aproximou mais da média europeia (que foi de 20 euros e 10 cêntimos). No entanto, essa maior proximidade não significa que o esforço dos portugueses para suportar o consumo da eletricidade seja idêntica à média europeia.

Tendo em conta o poder de compra dos cidadãos portugueses, verifica-se que o custo suportado é o terceiro mais alto da União Europeia. À semelhança do que acontece com a eletricidade, também o preço do gás quando ajustado ao poder de compra dos portugueses sobe ao segundo lugar dos mais caros da União Europeia. A Letónia é o país europeu com os preços mais baixos, tanto do gás como da electricidade.