Power Dot oferece carregadores para veículos elétricos

Power Dot oferece carregadores para veículos elétricos

Categoria Advisor, Empresas

A Power Dot, uma startup 100% portuguesa e 100% sustentável, está à procura de parceiros de negócio, donos de parques de estacionamento, para fazer crescer o parque de carregadores elétricos em Portugal. Para isso, a empresa assume os custos totais do equipamento, da sua instalação e a gestão da operação e ainda partilha as receitas obtidas com os donos dos parques. Em contrapartida, estes apenas têm que ceder o espaço.

Apesar de Portugal ser o 4.º País da Europa com maior percentagem de carros elétricos, e as vendas destes veículos terem aumentados 69% em 2019, o parque de carregadores não acompanha este crescimento. Um estudo recente da Federação Europeia dos Transportes e Ambiente, refere que o país precisa de 40 mil postos de carregamento até 2030, quando atualmente conta apenas com cerca de mil.

Em operação desde dezembro de 2018, para 2020 a Power Dot tem como objetivo consolidar o seu modelo de negócio, de modo a tornar-se um dos principais players neste setor em Portugal. O objetivo é estar presente no maior número de parques de estacionamento possíveis, de modo a estar no caminho dos donos dos veículos elétricos, permitindo que estes tenham um ponto de carregamento onde quer que vão, sem necessidade de desvios.

Para José Sacadura, CEO da Power Dot, “o modelo de negócio desta startup é o fator mais diferenciador e o segredo para este rápido crescimento. A Power Dot nasceu com o objetivo de dinamizar a mobilidade elétrica em Portugal. Para isso, precisávamos de ser criativos e muito pragmáticos. Foi assim que decidimos que queríamos estar no caminho dos consumidores. Ou seja, onde quer que eles fossem, nós estaríamos lá, desde que houvesse um parque de estacionamento”.

E acrescenta: “Qualquer parque de estacionamento pode ter um carregador Power Dot sem qualquer custo para o proprietário. Basta entrar em contacto connosco e nós fazemos a instalação e a gestão do equipamento. Desta forma, os donos dos parques apenas cedem o espaço e em troca obtêm lucro, ao mesmo tempo que valorizam a sua oferta e contribuem ativamente para uma maior oferta de soluções de mobilidade sustentável.”

No primeiro ano de atividade, a eletricidade consumida nos carregadores Power Dot permitiu aos condutores realizarem mais de um milhão de Km, o equivalente a duas viagens e meia Terra-Lua e poupar mais de 150 mil toneladas de CO2.

A Power Dot inicia o ano de 2020 com 90 pontos de carregamento de norte a sul do país, maioritariamente localizados em centros comerciais, como por exemplo o Amoreiras, Braga Parque, Spacio Shopping, centros empresariais ou de escritórios como o Lionesa em Matosinhos, nos Intermarchés, na Câmara Municipal de Lamego e, mais recentemente, nas Docas de Santo Amaro.

A Power Dot quer fazer parte da mudança ativa, desenvolvendo soluções de carregamentos para veículos elétricos para particulares e frotas, e adaptando a sua oferta às necessidades de cada utilizador. Para isso, disponibiliza carregadores de diferentes potências, desde 3,7 km a 50 km.