Prémios ERSAR: Empresas privadas lideram distinções nos serviços de água em baixa

Prémios ERSAR: Empresas privadas lideram distinções nos serviços de água em baixa

Categoria Advisor, Empresas

Já são conhecidos os “Prémios e Selos de Qualidade dos Serviços de Águas – ERSAR” do ano. Esta é uma iniciativa da Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR) para identificar e distinguir as melhores práticas das entidades gestoras dos sectores da água e resíduos, em Portugal. A entrega dos prémios foi integrada na 14.ª Expo Conferência da Água realizada em Lisboa.

Em termos gerais, no setor da água, os principais galardões entregues pela ERSAR foram, maioritariamente, atribuídos a empresas de gestão privada e membros da AEPSA – Associação das Empresas Portuguesas para o Sector do Ambiente.

Excluindo a categoria mais comum ” Selo de qualidade exemplar da água para consumo humano”, das dez distinções atribuídas pelo regulador aos serviços de abastecimento de água e recolha de águas residuais em baixa – dois prémios de excelência e oito selos de qualidade de serviço – os operadores privados do sector da água, associados da AEPSA, foram reconhecidos com sete dos dez prémios.

Eduardo Marques, presidente da Direcção da AEPSA, comenta: “Congratulamo-nos com o elevado número das distinções atribuídas pela ERSAR às empresas concessionárias privadas, que reconhecem o seu bom desempenho apesar de as concessões privadas prestarem serviço apenas a cerca de 20% da população e corresponderem a menos de 10% do total das entidades gestoras. Mais uma vez se comprova que as concessões privadas aportam vantagens significativas para o consumidor final, em termos de qualidade de serviço, eficiência, fiabilidade e segurança. Para além disso, o superior desempenho e os níveis elevados de eficiência dos modelos de gestão privada são factores chave para a sustentabilidade ambiental dos recursos naturais.”

“Para se cumprirem as metas ambientais que o País assumiu, é importante que se criem as condições necessárias para que os operadores dos diferentes modelos jurídicos possam trabalhar em conjunto, e sejam criadas condições para um maior envolvimento do setor privado, com o objectivo de alcançar níveis mais elevados de eficiência e sustentabilidade, no sector da água em Portugal”, adiciona.

Os prémios anuais de excelência e os selos de qualidade atribuídos pela entidade reguladora têm como objetivo identificar, distinguir e divulgar as melhores práticas das entidades gestoras dos sectores da água e resíduos, bem como destacar os operadores de referência na prestação dos serviços de abastecimento público de água e de saneamento de águas residuais urbanas e de gestão de resíduos urbanos.

Indicadores como água segura, perdas reais de água, ocorrência de falhas no abastecimento, resposta a reclamações e cobertura de gastos foram alguns dos parâmetros avaliados pelo júri, constituído pelas entidades mais representativas do setor.