Primeira pedra da ETAR de Faro-Olhão já foi lançada

Primeira pedra da ETAR de Faro-Olhão já foi lançada

Categoria Águas, Ambiente

Decorreu, no passado dia 31 de outubro, a cerimónia que marcou o lançamento da primeira pedra da futura ETAR de Faro – Olhão, presidida pelo secretário de Estado do Ambiente, Carlos Manuel Martins.

 

Trata-se de uma empreitada que pertence ao Sistema Multimunicipal de Saneamento do Algarve, cujo projeto é de “Conceção-Construção da ETAR de Faro-Olhão”

Atualmente, parte significativa das águas residuais geradas na cidade de Faro são tratadas na ETAR de Faro Nascente, localizada a cerca de 2,5 km a este da povoação, no concelho de Faro e parte significativa das águas residuais produzidas na cidade de Olhão são tratadas na ETAR de Olhão poente, a cerca de um quilómetro da cidade.

Estas infraestruturas de tratamento “encontram-se subdimensionadas face às condições de afluência (qualitativa e quantitativa) atuais e assentam em sistemas de lagunagem, que se revelam desadequados face aos níveis de qualidade agora exigidos para o efluente tratado a descarregar no meio recetor, respetivamente a Ria Formosa”, sublinha o comunicado.

Neste contexto, foi elaborado o Estudo Prévio do Sistema Intermunicipal de Interceção e Tratamento de Águas Residuais de Faro e Olhão, “tendo-se concluído que a solução técnico-economicamente mais vantajosa corresponde à construção de uma única ETAR – futura ETAR de Faro-Olhão – no local da atual ETAR de Faro Nascente, com a consequente desativação das atuais ETAR de Faro Nascente e ETAR de Olhão Poente e ligação do subsistema de saneamento de Olhão Poente à nova ETAR, mediante a construção de um Sistema Elevatório”, acrescenta o comunicado.

Estiveram ainda presentes o presidente da Águas de Portugal, João Nunes Mendes, o presidente da Águas do Algarve, Joaquim Peres, e os dois Administradores Isabel Soares e Jorge Torres, para além dos presidentes das Câmaras Municipais de Olhão, António Pina, e de São Brás de Alportel, Vítor Guerreiro, junto à vereadora Teresa Correia que representou o município de Faro, entre várias outras individualidades.

Para além da assinatura do Auto de Consignação entre a Águas do Algarve e o consórcio constituído pelas empresas Oliveiras, S.A. e Aciona Água, S.A., houve uma apresentação técnica de todo o projeto, bem como a visualização de um Filme em formato 3 D que espelha aquela que será a futura ETAR.