Principais potências mundiais esperam acordo com Irão no sector petrolífero

Principais potências mundiais esperam acordo com Irão no sector petrolífero

Categoria Ambiente, Energia

Segundo o Jornal de Negócios, as negociações com o Irão foram alargadas por mais três dias. Ainda assim, a expectativa mantém-se de que seja alcançado um acordo com o país em relação ao seu programa nuclear esta sexta-feira. Um possível entendimento deverá ter repercussões negativas no mercado petrolífero, com o aumento de produção por parte do país a inundar o mercado com ainda mais matéria-prima e a manter as cotações sob pressão.

Os preços do petróleo deverão acentuar as quedas, depois de terem recuado para mínimos de cinco meses esta terça-feira. A expectativa é de que as conversações entre o Irão e as principais potências mundiais cheguem a “bom porto”, o que se traduzirá em mais petróleo num mercado onde a oferta já supera largamente a procura. “O mercado está a preparar-se para mais petróleo”, destacou Bill O’Grady, estratego da Confluence Investment Management, à Bloomberg.

Após dois anos de negociações fracassadas, Teerão está finalmente perto de alcançar um acordo em relação ao seu programa nuclear, libertando-se assim das pesadas sanções internacionais impostas ao país e permitindo-lhe produzir mais crude. O Irão pretende aumentar em 50% a sua produção de petróleo, o que implica reforçar a exploração em mais 500.000 barris de petróleo por dia.