Produção da EDP Renováveis aumenta 14% até março impulsionada pela eólica

Produção da EDP Renováveis aumenta 14% até março impulsionada pela eólica

Categoria Ambiente, Energia

A EDP Renováveis (EDPR) produziu 8,8 terawatt/hora (TWh) de energia renovável no primeiro trimestre deste ano, um acréscimo de 14% face ao período homólogo, beneficiando do “recurso eólico excecional”, informou a empresa ao mercado, segundo avança a “Lusa”.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) na terça-feira, a empresa liderada por Manso Neto beneficiou do recurso eólico excecional face a um trimestre médio, assim como das adições de capacidade com um fator de utilização superior. No primeiro trimestre, as operações da EDPR na Europa e América do Norte geraram 45% e 54% do total da produção, respetivamente.

Na Europa, a geração de eletricidade aumentou 16% em relação ao trimestre homólogo para 3,9 TWh, com a comparação anual impulsionada pelo excecional recurso eólico em Espanha e Portugal, enquanto na América do Norte, a produção aumentou 12%, totalizando 4,7 TWh, refletindo “o crescimento da capacidade instalada e o maior fator de utilização dos novos projetos. Já no Brasil, a produção aumentou 8% para 159 GWh em relação ao homólogo, beneficiando das adições de capacidade, apesar do menor recurso eólico no período.

No primeiro trimestre do ano, a EDPR atingiu um fator de utilização de 38% (+2pp vs 1T17), na sequência do superior recurso eólico no período (fator de utilização a 105% do P50), principalmente na Europa, assim como as adições de nova capacidade com fatores de utilização superiores.
Em março, a EDPR geria um portefólio de 11 GW em 11 países, dos quais 5,2 GW na Europa (2,4 GW em Espanha, 1,3 GW em Portugal e 1,6 GW no RdE), 5,5 GW na América do Norte e os restantes 0,3 GW no Brasil.