Programa Azores Accel reafirma arquipélago como lugar atrativo para desenvolvimento de negócios

Programa Azores Accel reafirma arquipélago como lugar atrativo para desenvolvimento de negócios

Categoria Advisor, Agenda, Empresas

Com a chegada do 2.o Bootcamp do programa de aceleração e de capacitação Azores Accel, o TERINOV (Parque de Ciência e Tecnologia da ilha Terceira), a BGI (Building Global Innovators) e o Governo dos Açores reafirmam o arquipélago açoriano como um lugar atrativo para a criação e desenvolvimento de negócios e enfatizam a importância de valorizar novos ecossistemas de inovação em Portugal.

Nos últimos meses, o programa de capacitação e de aceleração Azores Accel, sediado no TERINOV, tem vindo a dar um novo impulso ao desenvolvimento de negócios nos Açores e à atração de inovações e tecnologias disruptivas capazes de valorizar os recursos endógenos da região, pode ler-se numa nita partilhada pelas entidades.

Esta é uma visão estratégica que tem sido posta em prática pelo TERINOV, pelo Governo dos Açores e pela BGI. Através do Azores Accel, as seis equipas participantes – BeeSage (Letónia), Boticário dos Açores (Portugal), Core Protein (Portugal), Plant on Demand (Espanha), FHLUD (Portugal) e My Water (Eslovénia) – têm a oportunidade de explorar novos mercados e de desbloquear o acesso a financiamento e a clientes globais. No final do programa, o projeto selecionado poderá constituir-se nos Açores e, consequentemente, usufruir, entre outros benefícios, do regime fiscal regional em vigor, bem como de uma incubação na modalidade de co-work na incubadora de empresas do TERINOV, por um período de 12 meses, precisa o mesmo comunicado.

De acordo com as entidades, os motivos para as startups que participam no programa considerarem os Açores como o próximo destino da sua jornada no empreendedorismo são variados, nomeadamente o “regime fiscal regional próprio”, o “posicionamento geográfico e a qualidade de vida dos Açores”, o “ecossistema empreendedor emergente” e o facto de “os Açores apresentarem as condições de um Living Lab de excelência”.

O programa Azores Accel também vem reafirmar o arquipélago como um lugar atrativo para a criação e desenvolvimento de negócios, associando a sua riqueza natural ao conhecimento científico e tecnológico. Esta será uma temática discutida no 2.o Bootcamp do programa, que se realizará em Lisboa entre os dias 27 e 29 de outubro, numa mesa redonda com o tema “Azores, a world of opportunities”.

Para além disso, os parceiros do programa vão realizar um Demo Day exclusivo no dia 29 de outubro, pelas 11h30 (hora de Lisboa), no qual a seleção de startups da 1.ª edição do Azores Accel irá apresentar as suas soluções perante uma comunidade de investidores, potenciais parceiros e o público que estiver a acompanhar a sessão online ou presencialmente.

Todos os interessados são convidados a participar presencialmente em Lisboa, na Associação Industrial Portuguesa (AIP), ou online através de uma transmissão em direto no Youtube da BGI. O evento é gratuito, porém é necessária inscrição prévia aqui.