Projeto “Florestar Voluntário” apresentado em Arcos de Valdevez

Projeto “Florestar Voluntário” apresentado em Arcos de Valdevez

Hoje, pelas 17h00, realiza-se a apresentação do projeto florestar voluntário, no auditório do turismo de Arcos de Valdevez. Trata-se de convocar os principais atores do território, no caso de Arcos de Valdevez, para servirem de interlocutores e intermediários numa ação de florestação com espécies autóctones, designadamente carvalho-alvarinho (Quercus robur) e carvalho-negral (Quercus pyrenaica).

Conforme informa a Quercus, em comunicado, o objetivo é que todos os operadore turísticos que atuam neste território e que pretendam associar-se a esta iniciativa, bem como as associações culturais, sociais e desportivas, a porta do Mezio, as escolas e os próprios serviços da Câmara Municipal, sensibilizem os seus “clientes”para a participação nesta ação voluntária de florestação com espécies autóctones de carvalho-alvarinho (Quercus robur) e carvalho-negral (Quercus pyrenaica).

À Quercus caberá a recolha e cedência das sementes destas duas espécies autóctones, operação para a qual já se disponibilizou. Por sua vez, à Camara Municipal de Arcos de Valdevez caberá a coordenação e operacionalização do projeto que terá como principais ações:
·Estabelecer o acordo de cedência de sementes com a Quercus;
· Elaborar pequeno folheto informativo a distribuir pelos voluntários em que se descrevem simples instruções de sementeira e localizações apropriadas;
·Convocar os interlocutores e intermediários do projeto para incentivar a sua participação e com os aderentes realizar uma pequena ação de formação em quer lhes é transmitido um conjunto de instruções designadamente de armazenamento adequado das sementes que lhes são confiadas e que terão de distribuir pelos seus clientes;
·Divulgar o projeto pelos meios ao seu alcance.