Quercus cria plataforma online para denuncias de ameaças à qualidade da água

Quercus cria plataforma online para denuncias de ameaças à qualidade da água

A plataforma interativa dQa, criada pela Quercus, vai permitir a qualquer cidadão denunciar situações que podem ameaçar a qualidade da água, “informação que poderá dar origem a uma fiscalização por parte das autoridades”, explicou hoje uma responsável do projeto. “A plataforma destina-se a receber informação dos cidadãos acerca de situações que possam degradar a qualidade da água”, disse hoje à agência Lusa a coordenadora do projeto dQa – Cidadania Para o Acompanhamento das Políticas Públicas da Água, desenvolvido pela associação de defesa do ambiente ao longo dos últimos dois anos.

Carla Graça salientou “o interesse de autoridades na área da água, como a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) e Administrações de Regiões Hidrográficas (ARH), para consultarem e tratarem as informações que chegam à plataforma, e averiguarem a ameaça”. “Constitui uma oportunidade de colaboração entre Organizações Não Governamentais (ONG), entidades públicas e cidadãos para concertar esforços na melhoria e salvaguarda da qualidade dos recursos hídricos, agora fortalecidos por esta ferramenta”, referiu a Quercus.

O cidadão só tem de registar-se na plataforma, já a funcionar, e pode assinalar no mapa de Portugal o “ponto crítico” para a água, descrevendo a situação.

Os resultados do projeto serão hoje apresentados. A plataforma interativa dQa trata-se de uma parceria com a APA, a Entidade Reguladora dos Serviços de Água e Resíduos (ERSAR), com o apoio do Programa Cidadania Activa, financiado pelos EEA Grants (Noruega, Islândia e Liechtenstein).