Quercus diz que antecipar horário do Marés Vivas é “inútil”

Quercus diz que antecipar horário do Marés Vivas é “inútil”

A Quercus considera “inútil” a antecipação do horário do festival Marés Vivas, em Gaia, recomendado pela comissão de acompanhamento do festival, criada pelo Ministério do Ambiente.

Segundo o Jornal de Notícias, o presidente da Direção Nacional, João Branco, insiste na mudança da localização do festival para não perturbar o refúgio de Aves que é a Reserva Natural do Estuário do Douro. “Os promotores do festival têm de se convencer de que aquela localização não possui condições para acolher o Marés Vivas. Mas querem a toda a força mantê-lo ali, o que revela uma grande insensibilidade ambiental”.