Quercus quer banir totalmente os sacos de plástico em Portugal

Quercus quer banir totalmente os sacos de plástico em Portugal

No âmbito do Dia Internacional sem sacos de plástico, a associação ambientalista Quercus reitera “a necessidade de terminar definitivamente com o uso deste produto, tão prejudicial para o ambiente, e que já se percebeu não diminuir o seu consumo com a mera aplicação de taxas ou de políticas que continuem permissivas a velhos hábitos tão prejudiciais para o planeta”.

Em comunicado, a associação refere ainda que “a medida do anterior governo de taxar os sacos de plástico foi inicialmente positiva, mas rapidamente se revelou insuficiente. Depois de uma inicial diminuição do consumo de sacos de plástico, os portugueses acabaram por se habituar a pagar os sacos e o seu consumo está a aumentar novamente”.

Em Portugal consomem-se anualmente 2 mil milhões de sacos de plástico. Neste sentido, a Quercus defende que “de uma vez por todas” o atual executivo tome medidas para banir “total e definitivamente o uso de sacos de plástico”.