Quercus repudia ação de abate de árvores em Fafe

Quercus repudia ação de abate de árvores em Fafe

A associação ambientalista Quercus repudiou esta segunda-feira, dia 26, o abate de árvores em Fafe, mais precisamente na Avenida da Liberdade, onde foram já “abatidas pelo menos 12 árvores”.

Em comunicado, a Quercus afirma estar contra esta decisão da Câmara Municipal de Fafe que alega que as raízes das árvores estão a danificar os passeios.

“Seria perfeitamente possível requalificar os passeios sem abater as árvores, bastaria para isso vontade política e procura das melhores soluções técnicas”, sublinha a associação em comunicado, acrescentando que existem “soluções urbanísticas e arquitetónicas que tornam possível compatibilizar a existência das árvores com outros usos do espaço urbano, nomeadamente com abertura de caldeiras ou alargamento de caldeiras existentes”.

Na mesma nota, a Quercus apela ainda “à suspensão do abate” de árvores, ação que classificam como um “crime ambiental e paisagístico”.