Recolha seletiva porta-a-porta avança em duas zonas do município de Espinho

Recolha seletiva porta-a-porta avança em duas zonas do município de Espinho

A partir de hoje, inicia-se a recolha multimaterial porta-a-porta, no município de Espinho. O novo circuito de recolha seletiva abrangerá cerca de 2100 fogos e decorrerá, regularmente, no setor residencial e também no de serviços, nas seguintes zonas do município: Anta e Guetim.

A apresentação do projeto de recolha à comunicação social realiza-se amanhã, dia 19 de junho, pelas 15h00, no Largo da Igreja de Anta, seguido de Guetim, no Largo da Igreja da Freguesia.

A implementação deste novo sistema será precedida da distribuição de equipamentos de contentorização para recolha dedicada das várias frações (papel/cartão, plástico/metal, vidro e indiferenciados, a cada um dos fogos abrangidos, em simultâneo com uma ação de sensibilização, que irá introduzir e apelar a uma correta separação, informar sobre a periodicidade da recolha, procedimentos de deposição, bem como sobre as mais-valias deste novo sistema, nomeadamente o apoio a causas sociais.

Com o mote “Reciclar é dar +”, a ação baseia-se numa abordagem positiva por contacto pró-ativo, também porta-a-porta, pela qual se somam e apresentam vantagens individuais (funcionais e financeiras) e sociais de adesão a este sistema específico de recolha de resíduos urbanos: proximidade, comodidade, sustentabilidade e solidariedade, uma vez que os resíduos recicláveis recolhidos reverterão a favor do Núcleo da Cruz Vermelha de Espinho. A ação foi, igualmente, antecedida por um momento de ativação com a entrega de informação aos cidadãos.