Repsol assina acordo com empresa de embalagens ecológicas do setor dos lacticínios

Repsol assina acordo com empresa de embalagens ecológicas do setor dos lacticínios

Categoria Advisor, Empresas

A Repsol chegou a acordo com a empresa internacional especialista no setor das embalagens plásticas rígidas Jokey Group, e a empresa de lacticínios orgânicos Cantero de Letur.

O Grupo Cantero de Letur será pioneiro na utilização de embalagens de plástico reciclado na indústria de lacticínios orgânicos para os seus produtos de queijo. Fabricada pela Jokey, esta embalagem sustentável utilizará o polipropileno circular da gama Repsol Reciclex® certificado pela ISCC Plus.

No fabrico destas resinas circulares, a Repsol utiliza tecnologias que permitem aproveitar resíduos plásticos não aptos para reciclagem mecânica que, de outra forma, acabariam no aterro sanitário. Assim, os resíduos tornam-se uma “nova matéria-prima” para os processos da Repsol, permitindo “produzir novos materiais circulares com a mesma qualidade e funcionalidade das resinas virgens”, refere a empresa. Dessa forma, tornam-se adequados inclusive para a indústria alimentar pelos elevados requisitos de qualidade e higiene.

“Como vemos atualmente o mercado em evolução de novos materiais sustentáveis, o projeto Repsol-Jokey-Cantero é um dos primeiros projetos-pilotos com o propósito de demonstrar a aplicabilidade a longo prazo dos plásticos reciclados. Modelos reais, de trabalho e de fluxo de materiais atrairão mais parceiros e impulsionarão outros segmentos e a indústria dos polimeros para uma economia circular”, afirma Michael Schmidt, diretor de compras da Jokey.

Por seu turno, Fernando Arroyo, diretor de polipropileno da Repsol, considera que “a nova aliança permite-nos continuar a avançar na nossa ambição de reciclar o equivalente a 20% da nossa produção de poliolefinas”. Na Repsol, “estamos totalmente comprometidos com a economia circular, tendo uma estratégia de economia circular desde 2016”, diz, acrescentando que “pretendemos oferecer à sociedade materiais que incorporem a reciclagem, para fazer com que os consumidores finais sejam participantes num consumo responsável e circular, sem que se apercebam de mudanças na sua qualidade”.

Para Pablo Cuervo-Arango, CEO da Cantero de Letur, “ao investir nesta tecnologia, vamos satisfazer a procura constante dos nossos consumidores pela criação de produtos e embalagens com o menor impacto ambiental possível”.

Com esta aliança, as três empresas reafirmam o seu compromisso com o ambiente e a economia circular, reduzem a produção e consumo de materiais virgens, e respondem à procura dos consumidores por embalagens mais ecológicas, liderando a transição num setor com elevados requisitos de segurança higiénica.