Repsol lança Solmatch, a primeira comunidade solar em Espanha

Repsol lança Solmatch, a primeira comunidade solar em Espanha

Categoria Ambiente, Energia

A Repsol lançou a Solmatch, a primeira grande comunidade solar da Espanha, como parte do seu compromisso em oferecer diferentes alternativas de fornecimento aos seus clientes. Este produto está alinhado com a estratégia de se tornar uma empresa de emissões zero até 2050.

A geração e o autoconsumo de energia renovável é uma das áreas de aposta da Repsol para reduzir a intensidade de carbono. A empresa está a transformar e a diversificar os seus negócios para contribuir e alcançar os objetivos do Acordo de Paris.

O Repsol Solmatch é um novo serviço, baseado num modelo 100% de energia renovável, que promove a geração distribuída de eletricidade em Espanha. Com este modelo, a empresa está a aproximar a geração de energia ao ponto de consumo através do design de comunidades solares em centros urbanos.

As comunidades Solmatch geram energia usando painéis solares instalados nos telhados dos edifícios (roofers) para que as casas (matchers), localizadas a uma distância máxima de 500 metros, possam conectar-se a eles e se beneficiarem da energia local e 100% renovável.

Este é um novo modelo de energia urbana que promove a economia local, oferecendo benefícios em termos de sustentabilidade e sem que as partes interessadas tenham que fazer nenhum investimento. Os roofers têm a opção de gerar energia renovável, enquanto aproveitam ao máximo um ativo que geralmente não é usado, os seus telhados. Para além disso, podem também melhorar a classificação energética das suas casas e receber consultoria e serviços gratuitos de energia de consultores especializados.

Por sua vez, os matchers podem conectar-se facilmente a uma comunidade solar nas proximidades para consumir a energia solar gerada na sua área circundante e economizar até 20% na eletricidade que consomem, a uma taxa muito competitiva e sem compromisso ou prazo mínimo. Tudo o que os matchers precisam de fazer é inserir as suas moradas no website da Solmatch e encontrar as comunidades solares existentes na sua área.

A Repsol está responsável pela gestão integral deste projeto, assumindo todo o processo do início ao fim, desde o estudo do telhado para confirmar sua viabilidade até a instalação e manutenção dos painéis solares. O Solmatch apresenta um paradigma de energia transformador que oferece uma nova visão de autoconsumo, no qual os consumidores têm ainda mais poder. Agora, podem optar por participar numa comunidade solar onde, além de economizarem dinheiro, é garantida energia 100% renovável.

Atualmente, o Solmatch conta com 30 comunidades solares em Espanha, com várias instalações da Repsol a serem roofers, como por exemplo, o Campus Repsol, a fábrica de lubrificantes e especialidades em Palencia e vários postos de abastecimento.

A continuação do Solify

No final de 2019, a Repsol lançou o Solify, uma solução abrangente de autogeração de energia fotovoltaica para particulares e empresas que oferece energia 100% renovável.

O Solify é uma solução lucrativa, uma vez que para além das poupanças inerentes ao autoconsumo, é adicionada uma remuneração de 5 cêntimos / kWh pela energia solar que o proprietário produz e não consome. Adicionalmente, caso seja um cliente particular, receberá 5 euros / mês durante um ano no Waylet, aplicação de pagamento através de telemóvel da Repsol e, no caso de ser uma empresa, um Serviço de Gestão de Energia gratuito durante um ano.

Solmatch e Solify são exemplos de que a Repsol trabalha para facilitar a evolução para um modelo energético com menos emissões, fornecendo soluções que melhoram a eficiência, apostando na geração de eletricidade de baixa emissão, novas formas de mobilidade sustentável e autoconsumo, entre outras.

Para avançar na descarbonização, a Repsol também está a promover vários projetos associados à transição energética. Nesse sentido, a empresa possui atualmente uma capacidade de geração de eletricidade de baixo carbono de 2.952 MW e 2.045 MW em desenvolvimento. Em Portugal a empresa produz energia elétrica no offshore de Viana do Castelo.