Sabe como pode reduzir a sua pegada ecológica? Novo vídeo mostra as vantagens da reciclagem

Sabe como pode reduzir a sua pegada ecológica? Novo vídeo mostra as vantagens da reciclagem

Sabia que em média cada português produz 40 kg de resíduos por mês? Que todos os anos produzimos uma quantidade de resíduos equivalente ao peso de três Pontes Vasco da Gama? E que, pelo simples gesto de separar as nossas embalagens usadas, podemos contribuir significativamente para o aumento da reciclagem em Portugal?

As dúvidas e curiosidades sobre a gestão de resíduos e a reciclagem em Portugal podem ser esclarecidas no mais recente vídeo “Reciclar é Agora”. A ação resulta de uma parceria entre a EGF – Environmental Global Facilities, a ESGRA – Associação para a Gestão de Resíduos e a ERSAR – Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos, contando com o apoio da Sociedade Ponto Verde.

O filme foi desenvolvido para sensibilizar para a reciclagem de embalagens usadas, mostrando ao cidadão os impactos a nível ambiental, social e económico. A inspiração para o vídeo surgiu de uma reflexão sobre o que se pode fazer pelo planeta, explicando aos cidadãos a importância de uma boa gestão de resíduos em Portugal para alcançarmos uma sociedade mais sustentável, protegermos o ambiente e dinamizarmos a economia nacional.

Sabendo que todos os anos são produzidos mais de 5 milhões de toneladas de resíduos urbanos em Portugal, o equivalente a 3 Pontes Vasco da Gama, o vídeo desvenda também a quantidade de resíduos produzidos por cada português: 40 kg por mês e quase meia tonelada por ano.

Existe um considerável potencial de crescimento ao nível da adoção do hábito de separação em casa e fora dos lares, e, consequentemente, aumento da reciclagem. Se cada um de nós cumprir a sua parte, não só teremos um uso mais eficiente dos recursos, como a partir deste hábito surgirão produtos e modelos de negócio inovadores,em linha com os princípios da economia circular.

Para fazer a diferença, basta colocar as embalagens nos recipientes adequados: o plástico e o metal no ecoponto amarelo; as garrafas, boiões e frascos de vidro no ecoponto verde; e as embalagens de papel cartão, bem como jornais e revistas, no ecoponto azul.

A partir do simples gesto de separar as embalagens e usadas e restantes resíduos por material e colocá-las no contentor com a cor certa, estamos a ter um papel ativo na poupança ambiental uma vez que estamos a contribuir para a minimização da extração de recursos, a economizar água e energia e a gerar postos de trabalho inerentes a esta área de atividade. Se cada um de nós separar todas as embalagens usadas podemos contribuir para reciclar 100kg todos os anos.

O segredo é só um: separar todas as embalagens sempre e em qualquer lugar. Assim, estamos a ajudar o ambiente, a economia e a assegurar um futuro melhor para as próximas gerações. Por exemplo, atualmente 16% dos resíduos são transformados em corretivos orgânicos a usar na agricultura e na floresta; e 23% são resíduos transformados em energia, que permite iluminar e aquecer as nossas casas; e que a gestão de resíduos é responsável pela criação de mais de 13.000 postos de trabalho.

O filme tem a duração de 1h45 e para além de estar disponível nos websites das entidades envolvidas, será divulgado em todo o país e por todas as entidades que tratam e valorizam resíduos urbanos em Portugal. Está ainda disponível uma versão mais curta de 42. A iniciativa contou com o desenvolvimento criativo da agência NOWA.