Schneider Electric colabora com Albéa para reduzir 15% em custos energéticos e emissões de CO2

Schneider Electric colabora com Albéa para reduzir 15% em custos energéticos e emissões de CO2

Categoria Ambiente, Energia

A Schneider Electric anunciou que está a colaborar com a Albéa, empresa de packaging para produtos de beleza e cuidado pessoal, num programa integrado de gestão de energia e emissões de CO2. O objetivo é melhorar até 15% a eficiência energética em todas as suas instalações até 2020, criando condições para melhorar os seus resultados quanto à sustentabilidade.

A última fase desta colaboração de três anos inclui a aquisição de energia para otimizar os contratos e as tarifas existentes, o que se prevê que venha a melhorar a gestão dos riscos e volatilidade dos preços associados à compra de energia. Além disso, a Schneider Electric apoiou a Albéa nos seus relatórios sobre os impactos para com o meio ambiente [Climate Disclosure Project], conseguindo melhorar a sua qualificação de C para B, e levando-a a avaliar os seus objetivos na planificação de novas ações a favor do meio ambiente.

Em comunicado, o diretor de Responsabilidade Social Corporativa da Albéa explica: “Precisávamos de um parceiro que nos permitisse responder a estas necessidades, bem como, apoiar quanto aos nossos próprios objetivos em termos de sustentabilidade. “A Schneider Electric guiou-nos e forneceu-nos as tecnologias necessárias para conseguirmos dar resposta a estes dois objetivos e para continuarmos a demonstrar a nossa liderança no setor”, salientou Gilles Swyngedauw.

Já no passado, a Albéa adotou projetos locais nas suas 38 localizações, em 15 países, para gerir a redução de consumo de energia e a sua pegada ecológica. No entanto, faltou uma estratégia integrada e comum de partilha de dados, assim como boas práticas quanto à eficiência energética, que levaram a relatórios e análises incompletas. Para responder a este desafio, a Albéa implementou o EcoStruxure™ Resource Advisor, o sistema baseado na cloud da Schneider Electric para visualizar, analisar e gerir iniciativas através de todo o seu portefólio. Isto permite à empresa uniformizar as suas iniciativas de poupança e medir o progresso através de um único interface.

Com a implementação de um programa de compra de energia para toda a empresa, a Albéa adotou uma abordagem integrada e orientada para os dados que lhe permite gerir as estratégias, os dados e as fontes necessárias para reduzir o seu consumo e maximizar a sua poupança, uma prática reconhecida como Gestão Ativa de Energia. “As organizações estão a começar a integrar a forma como compram e utilizam a energia com iniciativas de sustentabilidade e, assim, conseguem obter vantagens como uma maior eficiência, poupanças a nível financeiro e operações mais sustentáveis”, assegura Steve Wilhite, senior vice president of Energy & Sustainability Services da Schneider Electric.