Schneider Electric integra lista de subscritores da Carta de Princípios do BCSD

Schneider Electric integra lista de subscritores da Carta de Princípios do BCSD

A Schneider Electric subscreveu a Carta de Princípios do BCSD Portugal- Conselho Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável, que estabelece as linhas orientadoras para uma boa gestão empresarial em qualquer contexto da economia global. O documento pretende criar um referencial voluntário, adaptado a empresas de várias dimensões, de forma a encorajar a massificação de práticas de gestão sustentável baseada em seis princípios básicos – conformidade legal e conduta ética; direitos humanos; direitos laborais; prevenção, saúde e segurança; ambiente; e gestão.

Ao subscrever esta Carta de Princípios, a Schneider Electric tem como objetivo reforçar a sua posição relativamente à gestão sustentável das empresas como um fator de competitividade. Simultaneamente,  desafia os seus parceiros de negócio a subscreverem-na também, promovendo assim os princípios da gestão sustentável junto da sua cadeia de valor.

Segundo João Rodrigues, country manager da Schneider Electric em Portugal, “a sustentabilidade faz parte do ADN da empresa, seja pelas soluções que oferecemos aos nossos clientes como pela nossa atuação enquanto, sendo reconhecidos como líderes no setor pelo Índice Dow Jones de Sustentabilidade”. “Levamos muito a sério este tema e temos vários projetos em novas economias, através dos quais desenvolvemos soluções para fornecer energia limpa e fiável aos mais de 1.1 mil milhões de pessoas que não têm acesso à energia”, afirma.

A sustentabilidade é um elemento central em todas as atividades da Schneider Electric que até 2030 pretende atingir vários marcos neste âmbito com  que o objetivo de reduzir o seu impacto ambiental. Exemplo disso é a ambição de atingir a neutralidade de carbono ao promover a redução das emissões de CO2, bem como das emissões associadas ao seu ecossistema industrial, desde fornecedores a clientes.