Schneider Electric lança Fábrica Inteligente em Bangalore, Índia

Schneider Electric lança Fábrica Inteligente em Bangalore, Índia

Categoria Advisor, Empresas

Schneider Electric anunciou o lançamento da sua Fábrica Inteligente em Bangalore. Esta é a segunda instalação desta natureza da Schneider Electric na Índia, que demonstra como a arquitetura EcoStruxure da empresa, e o conjunto relacionado de ofertas, impulsionam a automação de processos, aumentam a eficiência operacional e reduzem os custos no ambiente industrial. As duas fábricas inteligentes na Índia reforçam a contribuição da empresa para o programa “Make in India” do governo indiano, projetado para facilitar o investimento, promover a inovação, melhorar o desenvolvimento de habilidades e criar a melhor infraestrutura de produção do país.

A primeira Smart Factory da Schneider Electric Índia, inaugurada em Hyderabad em fevereiro de 2019, ajudou mais de 500 clientes a experimentar uma série de soluções EcoStruxure e a tomar decisões de compra informadas de acordo com as suas necessidades de distribuição e gestão de energia e automação de máquinas. Com a inauguração da Fábrica Inteligente de Bangalore, a Schneider Electric reforça ainda mais a sua contribuição para a agenda da Indústria 4.0 na Índia, proporcionando os benefícios da transformação digital industrial aos clientes, incluindo desempenho aprimorado, maior fiabilidade e segurança, monitorização, manutenção e prevenção remotas.

A Schneider Electric lançou várias Smart Factories em todo o mundo em países como México, China, França, EUA, Indonésia e Filipinas. Hoje, a de Bangalore é inteligente e integrada, com ferramentas digitais como realidade aumentada, capacitando os operadores para ganhar visibilidade sobre as operações e a manutenção, reduzindo em 10% o tempo médio de reparação de equipamentos críticos. Além disso, os processos digitalizados eliminaram o trabalho administrativo em 95% e estão a contribuir para uma fábrica mais limpa, com um consumo de energia otimizado.

“A Fábrica Inteligente de Bangalore demonstra como a digitalização de ambientes industriais, utilizando o EcoStruxure, pode otimizar tanto os processos de produção e operação end-to-end da cadeia de distribuição, como levar a eficiência energética a um nível totalmente novo”, comentou Mourad Tamoud, Executive Vice President, Global Supply Chain da Schneider Electric. “O nosso programa Smart Factory foi reconhecido pela rede de ‘faróis’ de produção do World Economic Forum, que visa criar uma plataforma de aprendizagem entre os melhores fabricantes do mundo, que incorporam as tecnologias da Quarta Revolução Industrial na produção moderna. A Schneider Electric está comprometida com o desenvolvimento de mais de 100 Fábricas Inteligentes até 2020, globalmente, e a de Bangalore, que fabrica produtos e unidades de TI para clientes em todo o mundo, é uma das nossas principais instalações inteligentes nesta região.”

Na Smart Factory de Bangalore, a arquitetura e a plataforma aberta EcoStruxure da Schneider Electric permite a monitorização em tempo real do desempenho das máquinas e a manutenção preventiva para melhorar significativamente a agilidade e otimizar os custos. As suas instalações apresentam as melhores práticas de transformação digital e servem como exemplo dos benefícios da digitalização da gestão e automação da energia na indústria transformadora. Regista já os seguintes resultados:

– Poupanças de energia anuais de até 10%, através das soluções EcoStruxure Power, incluindo o EcoStruxure Power Monitoring Expert e o EcoStruxure Resource Advisor;

– Melhorias na eficiência industrial de até 5%, através das soluções EcoStruxure Plant;

– Maiores desempenho e fiabilidade dos ativos, conseguidos por meio das soluções EcoStruxure Machine, incluindo o AVEVA Insight e o EcoStruxure Augmented Operator Advisor, que contribuíram para melhorar a disponibilidade de ativos em 10% e promoveram uma mudança da manutenção reativa para a preditiva;

– Gestão eficaz e em tempo real da qualidade para melhorar a robustez dos processos.

A Schneider Electric procura, constantemente, inovar e garantir que a tecnologia de ponta seja acessível a todos. Para esse fim, a Fábrica Inteligente de Bangalore oferece um espaço onde os estudantes de engenharia dos principais institutos globais podem trabalhar em tecnologias emergentes e desenvolver soluções digitais utilizando as tecnologias da Microsoft no programa Center of Digital Innovation (CODI) da Schneider Electric. Para além disso, contribui para um programa local de desenvolvimento de capacidades para jovens carenciados e pessoas que abandonam a escola na Índia, em parceria com o Governo, o Projeto NEEM.

Com este passo em frente, a Schneider Electric traz a inovação digital à indústria transformadora da Índia e pretende preparar as pessoas para o desenvolvimento e a inovação disruptiva no futuro.

Plataforma EcoStruxure

Em 2009, a Schneider Electric lançou o EcoStruxure, a sua plataforma e arquitetura habilitada para IoT, aberta e interoperável.  Agora impulsionado por serviços digitais e de cloud, o EcoStruxure oferece um valor elevado no que diz respeito a segurança, fiabilidade, eficiência, sustentabilidade e conectividade. O EcoStruxure aproveita os avanços em IoT, mobilidade, sensores, cloud, análise e segurança cibernética, de forma a proporcionar inovação a todos os níveis, desde produtos conectados, edge control, aplicações, analítica e serviços. O EcoStruxure foi implementado em mais de 480.000 instalações, com o suporte de 20.000 integradores de sistemas e developers, conectando mais de 1.6 milhões de ativos geridos através de 40 serviços digitais. Com base no EcoStruxure, 45% das vendas da Schneider Electric foram geradas através da utilização da IoT, em 2017.