Seixal já tem restaurante ecológico

Seixal já tem restaurante ecológico

Foi inaugurado ontem, dia 21 de fevereiro, o novo restaurante Brisa da Baía, em frente à Quinta da Fidalga, em Arrentela. Este novo projeto surge inserido na estratégia de regeneração das frentes ribeirinhas do concelho, que a autarquia tem vindo a desenvolver, investindo na requalificação do espaço público para usufruto da população, potenciando também o desenvolvimento económico.  A exemplo do que sucedeu para este novo espaço, a Câmara Municipal do Seixal vai promover em breve mais uma hasta pública para a construção de um estabelecimento similar na frente ribeirinha de Amora.

Este novo restaurante será futuramente um equipamento central do Laboratório Vivo para a Descarbonização (LvpD), onde poderão ser observadas um conjunto de tecnologias para produção, distribuição e armazenamento de energia elétrica renovável, bem como equipamentos para aproveitar a energia térmica, nomeadamente os fornos solares.

Importa lembrar que a Câmara Municipal do Seixal assinou um contrato no âmbito do projeto Laboratórios Vivos para a Descarbonização (LVpD) que vai permitir a implementação de 12 projetos junto à Baía do Seixal, entre a Praça 1.º de Maio, no Seixal e a Rua dos Operários, em Amora, numa extensão de cerca de 4 quilómetros. Trata-se de um investimento na ordem dos 2,5 milhões de euros, que surge como resultado de uma candidatura que a autarquia apresentou junto do Fundo Ambiental e que incentiva à criação de espaços de promoção de tecnologias inovadoras de baixo impacto ambiental, de solidificação de princípios de uso eficiente e produtivo de recursos materiais e energéticos e da apropriação das mais-valias económicas e ambientais de novas soluções por parte das comunidades e populações, visando mitigar as alterações climáticas.